Resenha: De Onde Nascem As Rosas

Resenha: De Onde Nascem As Rosas

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

192 páginas // @dudariedel // @crivoeditorial

Olá leitores, estou passando aqui hoje para trazer a resenha do livro DE ONDE NASCEM AS ROSAS, que eu li em parceria com a Editora Crivo.

Como seria pra você de seu primeiro namorado, depois de sete anos, terminasse contigo?

A Madu está vivendo este dilema.

Depois de sete longos anos, seu namorado resolve acabar o relacionamento com ela, e não contente com isso, ele resolve dar este fim, no dia de seu aniversário.

E então, Madu percebe que na verdade o que ela sentia por ele, era mais como uma segurança, do que propriamente amor.

E durante a jornada por se descobrir, ela percebe que para amar alguém totalmente, é preciso aprender a se amar em primeiro lugar.

Em uma jornada de conhecimento, amor-próprio e superação, vamos acompanhar a jornada dessa menina mulher, que só quer ser feliz.

🌷Eu amei tanto, mas tanto esse livro.

Começa que eu tomei tanto “tapa na cara” (figurativamente falando), que foi impossível eu não ver que muito do que a Madu falava, servia inclusive para mim.

Até porque, quantas vezes você já deixou de fazer algo que você queria, para agradar um outro?

E é disso que a Duda fala.

Ela fala, que as vezes, precisamos perder alguma, que achamos que seja para nós, sem perceber que a males que vêm para o bem, e que principalmente para nós colocarmos em primeiro lugar.

Eu vi nessa história, quantas vezes eu deixei de me amar, e quantas vezes eu não percebi que com isso, seria impossível amar outro alguém.

Com certeza pra mim, foi um choque de realidade e que me fez pensar em tantas coisas, que até hoje (faz uns 20 dias que o livro) me faz abrir o livro novamente e tomar mais uma dose de coragem.

É um livro necessário.

É um livro pra ser seu melhor amigo, até porque amigo de verdade é aquele que te fala e te apoia quando está certo, mas que também briga e te faz crescer.

E foi isso que a Duda transmitiu para mim através da Madu.

Espero que conheçam não só o livro, mas a Duda também, que com certeza é uma guerreira e que nem conheço muito, mas já admiro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s