Resenha: Mulheres Confiantes / Tori Telfer

Resenha: Mulheres Confiantes / Tori Telfer

💬”Golpes, trapaças e outras artimanhas da persuasão feminina.”

Resenha🌷

resenhameuromeo

322 páginas
Olá leitores, hoje trago a resenha do livro MULHERES CONFIANTES, que eu recebi em parceria com a Editora HarperCollins.

Da mulher que se passou pela melhor amiga de Maria Antonieta no século XVII a que enganou a NFL nos anos 1970 e àquelas que, desde a morte dos Romanov, têm se autoproclamado a princesa Anastasia e vendido suas histórias para revistas e jornais, golpes audaciosos e vigaristas carismáticas continuam a nos intrigar enquanto cultura.

Atualmente, essas “artistas” ainda estão performando golpes. Como Tori Telfer revela em Mulheres confiantes, a arte do golpe tem uma tradição longa e venerável, e as mulheres são algumas de suas melhores ― ou piores ― praticantes.

Por meio dessas histórias intrigantes e envolventes, Telfer faz a provocativa pergunta: de que maneira a patologia feminina auxilia no planejamento e na execução desses golpes ― e como essas mulheres notáveis foram capazes de enganar e ludibriar suas vítimas de forma tão espetacular?

🌷Não tem como não começar essa resenha e não falar sobre a beleza dessa edição, que é com certeza uma das edições mais lindas da minha estante.

O livro está todo ilustrado, com as páginas amarelas, mas com gravuras em preto, branco e roxo, além da pintura unilateral roxa, que está um primor.

Já a história é dividida em vários contos, onde vamos conhecendo essas mulheres totalmente persuasivas.

Utilizando subterfúgios como beleza, charme, atração, ambição, segredos, mentiras, e uma mante muito persuasiva, dava para perceber que elas muitas vezes acreditam que o que estavam fazendo era correto e, que muitas vezes elas acreditam nas próprias mentiras que contavam.

Por ser dividido em contos, eu fui lendo a história em doses homeopáticas, já que separei para ler um conto por dia.

E confesso que fiquei surpresa por todos os golpes que elas conseguiram dar, que na hora de ler, eu fiquei entre pensar “que absurdo, como alguém acreditou nisso?”, a até “que genial, essa mulher se superou”.

Sim, porque por mais que eu pensava que ninguém seria capaz de acreditar em certas histórias, o melhor era imaginar que elas eram tão boas em seus golpes, que é claro que elas são bem capazes sim, de fazer com que qualquer pessoa fosse capaz de acreditar.

É um livro para ser apreciado.
Não somente por sua beleza, mas também por conta do poder, que ele carrega.

E no fim, só posso resumir o livro todo como: surpreendentemente incrível! Você precisa ler e conhecer esta história.

Resenha: A noiva comprada / Joane Silva

Resenha: A noiva comprada / Joane Silva

💬 “O amor é sobre querer estar junto, amar os defeitos e as qualidades. Sentir que o seu mundo começa e termina naquela pessoa.”

Resenha 🌷

660 páginas // Joane Silva
Olá leitores, hoje trago a resenha do livro A NOIVA COMPRADA, que eu li em parceria com a autora, Joane Silva.

John Harper sabe que sua beleza e seu dinheiro, conseguem trazer a mulher que desejar.
Acostumado a ter uma mulher por noite em sua cama, ele acredita ter a vida quase perfeita, e o que falta para ter tudo o que quer, é assumir a tão sonhada carreira de CEO da construtora de sua família.

Contudo, surge mais uma coisa que ele deseja onde ele menos espera: uma mulher que desperta em si, uma atração que nunca sentiu por nenhuma outra.

Só existe um problema, essa mulher é “vacinada” contra homens sedutores e mulherengos como ele.

Porém, parece que o destino tem outros planos para ambos.

Manuella é linda, sedutora, decidida, mas completamente azarada quando se trata de amor, já que só atrai os piores tipos para o seu lado.

Quando sua sorte parece virar, já que acabou de conseguir uma vaga de secretária em uma grande empresa, ela espera fazer tudo certo para não desperdiçar essa chance.

Mas, nem tudo pode ser perfeito, não é mesmo?
Seu chefe é o maior mulherengo do país, e ele é determinado a tudo o que deseja.

Quando uma proposta absurda é feita por ele, ela sabe que não deve concordar, porém, como evitar quando ele oferece uma oportunidade de mudar sua vida e de sua família?

Um acordo com altas chances de dar errado.
Uma química avassaladora, contudo, que não misturem amor nessa equação.
Será que ambos estão prontos para isso?

🌷Minha nossa senhora da bicicletinha cor de rosa!!

Que casal é esse, minha gente?
Um casal hot, hot e muito hot 🔥.

Daquelas casais que você sabe que os dois no mesmo espaço, pega fogo, que chega a ser capaz quase se incendiar uma cidade toda.

E claro, que eu uma senhora amante de livro hot, adorou, não é mesmo?

Eu fiquei completamente obcecada por estes dois.

Desde o momento que comecei a ler, eu não tive um minuto sequer de vida, porque eu só queria ler estes dois, que apresentavam uma tensão sexual gigantesca.

Eu amei como a Manu era uma mulher diferente do que muitas vezes estou acostumada a ler.
Ela era decidida, feminina e não tinha vergonha nenhuma de deixar aflorar todo o desejo que ela sente em seu corpo.
Um mulherão! Daquelas que você só pensa “Meu Deus! Eu queria ter a confiança que essa mulher tem”.
Mas, em simultâneo, ela tinha certas inseguranças que a transformavam em uma mulher real, com seus medos, com suas dúvidas, e que já havia sofrido muito por amor, e que não queria mais passar por aquilo.

E o que eu adorei no John, foi que ele não perdeu aquele jeito de ser dele… aquele jeito sedutor, mas que, ao mesmo tempo, foi mostrando para a Manu, que ela podia voltar a confiar nas pessoas.

E como não amar aquele homem quente, mas também com um coração enorme?

Eu simplesmente adorei estes dois. Adorei de verdade.
Gostei tanto do desenvolvimento deles, do jeito também como o relacionamento foi mudando, e em como eles foram se permitindo se conhecer com seus medos e inseguranças.

Claro, que no meio disso, um casal enemies to love (ame ou odeie), que trocava farpas deliciosas, e que só potencializam o desejo que sentiam.

Então, para os amantes de romances hot, com um casal maduro, mas que adora brigar, vão se apaixonar como eu me apaixonei por esse aqui.

Resenha: Headhunters / Jo Nesbø

Resenha: Headhunters / Jo Nesbø

💬 “O jogo começa quando outro caçador disputa a mesma presa.”

Resenha 🌷

306 páginas // @jonesbo_author // @editorarecord

Olá leitores, hoje trago a resenha do livro HEADHUNTERS, que eu li em parceria com a Editora Record.

Roger Brown sabe como ninguém escolher os melhores candidatos para uma vaga.
Tanto, que não é à toa que é conhecido como o melhor headhunter da Noruega.

Ostentando uma vida de luxo ao lado de sua mulher, ela sabe que manter toda aquela opulência tem um preço.

E para isso, ele tem uma estratégia bem montada: roubar obras de arte, vendê-las de forma criminosa, e de preferência de que os verdadeiros donos nem descubram que estão em pose agora de uma falsificação.

Contudo, ao encontrar um candidato perfeito para uma vaga, ele não imaginava que fosse encontrar um adversário a altura.

🌷Tem certos momentos, que eu acabo tendo desejo de ler histórias que estejam totalmente fora da minha zona de conforto.

E por isto, no mês passado me bateu um desejo gigantesco de um livro que me surpreende-se.

Para isso, eu escolhi esta história aqui.

E que alegria que foi ser surpreendida por esta história.

O livro é narrado pelo personagem principal, Roger Brown, e foi interessantíssimo conhecer todos os seus pensamentos.

Eu particularmente amo saber como certas pessoas pensam, principalmente em situações totalmente adversas que foi o que acontece em grande parte desta história.

Em certos momentos, me vi tão imersa na história, que mesmo sendo um livro mais focado em narrativa e pensamentos do que diálogos, que mesmo assim não se tornou uma história cansativa, na verdade, foi ao contrário, a trama se tornou ainda mais interessante por isso.

Cheio de ação, reviravoltas, e com uma escrita sofisticada, fiquei totalmente imersa na história.

Para os amantes de um thriller, este livro foi uma grata surpresa, e que me deixou completamente curiosa para ler outros livros do autor.

Resenha: Era uma vez no outono / Lisa Kleypas

Resenha: Era uma vez no outono / Lisa Kleypas

Resenha

288 páginas || @lisakleypas || @editoraarqueiro ⠀⠀⠀⠀
Olá leitores, hoje trago a resenha do livro ERA UMA VEZ NO OUTONO que é o segundo livro da série as 4 estações do amor.
⠀⠀⠀⠀
Lilian Bowman é tudo, menos uma mulher delicada. E quando sua família sai dos Estados Unidos em busca de entrar para a aristocracia londrina ela sabe que não vai achar nenhum homem que entenda seu gênio e sua forma de ser.
⠀⠀⠀⠀
Quando seu caminho acaba cruzando com Marcus Marsden, Lorde Westcliff, um dos homens mais ricos e poderosos de Londres ela só pensa em se manter o mais distante possível deste homem arrogante e que se acha melhor do que todos a sua volta.
⠀⠀⠀⠀
Mas uma viagem acaba mudando o plano de ambos e um desejo forte e ardente começa a surgir.
⠀⠀⠀⠀
Porém Lilian é totalmente inadequada para os padrões de uma Lady, e Marcus ficará entre o desejo desesperador e o dever se ter um casamento com uma jovem doce e recatada, ou seja, tudo o que Lilian não é.
⠀⠀⠀⠀
🌷 Eu já disse hoje que eu amo fortemente casais que brigam muito? Sim, eu amo! Eu sempre acho que o amor e o ódio andam lado a lado, e que por serem sentimentos muito fortes, eles acabam colocando tudo em jogo na maioria das vezes.
⠀⠀⠀⠀
E eu adoro casais onde ambos são totalmente diferente um do outro, até porque isso acaba trazendo ao outro o que falta em si.
⠀⠀⠀⠀
E este casal brigou, brigou muito o livro todo. Mas a força do amor foi maior que tudo.
⠀⠀⠀⠀
Eu amei o fato da Lilian não deixar de ser quem ela era por causa dos padrões que a sociedade Londrina impunha, e amei o fato do Marcus aceitá-la mesmo assim e não querer mudá-la a todo custo.
⠀⠀⠀⠀
Até porque o amor é isso. É aceitar as diferenças. Tudo por amor.
⠀⠀⠀⠀
Amei intensamente este livro e ele só me fez ter mais certeza de que eu sou capaz de ler tudo o que a Lisa escrever.

Resenha: A promessa das terras altas / Hannah Howell

Resenha: A promessa das terras altas / Hannah Howell

Resenha 🌷

252 páginas // Hannah Howell // Editora Arqueiro
Olá leitores, hoje trago a resenha do livro A PROMESSA DAS TERRAS ALTAS, que recebi em parceria com a Editora Arqueiro, e que foi lido pela colaboradora, Helena.

Eric Murray está determinado a conseguir de volta as terras que eram de seu pai, e que são suas por direito.

E para isso, ele parte para o clã do qual nasceu, com o objetivo de não só assumir ele, mas também de ajudar as pessoas pertencentes ao clã.

Contudo, no meio do caminho, ele acaba cruzando com uma mulher que está sendo atacada por assassinos.

Com isso, ele percebe que precisa ajudá-la de qualquer forma, mesmo sabendo ainda pouco a seu respeito.

Bethia Drummond sabe que ou ela foge com seu sobrinho, ou ele será assassinado como seus pais, já que a família do cunhado, planeja tomar para si toda a herança.

E quando um homem a ajuda, no meio do nada, ela sabe que contar com ele é a sua única solução, pois, continuar fugindo sozinha com um bebê, é ainda mais arriscado.

Porém, ela não contava que fosse sentir em seu coração, sentimentos por um homem totalmente desconhecido, mas que parece ser o único capaz de ajudá-la, sem de fato querer nada em troca.

🌷Este é o terceiro livro da série Os Murrays, e era um livro muito aguardado por mim, já que tinha gostado bastante dos dois livros anteriores.

E na história, vamos acompanhar o Eric Murray, que foi um personagem do qual gostei muito, porque o jeito dele foi super encantador. Um homem corajoso, dedicado, forte, e que faz qualquer coisa em prol de ajudar as pessoas.

E a Bethia, então… ela sabia que o que precisava fazer era o certo, e não tem medo de correr riscos para ajudar seu sobrinho, mesmo que para isso ela tivesse que colocar sua vida em jogo.

Além disso, a história se passa nas Terras Altas, o que por si só, já me conquista mais ainda, porque eu amo histórias medievais ambientas em terras escocesas, ainda mais quando conhecemos mais ainda sobre a cultura deles.

E história é bem rápida, tanto que eu li o livro em pouquíssimas horas, porque fiquei bem envolvida com os personagens, e curiosa para saber como a trama iria se desenrolar.

Finalizada então este terceiro livro, e ansiosa para saber se a editora irá publicar também os demais livros da série.