Resenha: King Of Scars / Leigh Bardugo

Resenha: King Of Scars / Leigh Bardugo

💬 “— Gostaria de ter trazido vocês a outro lugar, jovem Zoya — disse Elizaveta. — Já tínhamos poder antes que a palavra Grisha nem sequer fosse sussurrada, quando o extraordinário ainda era chamado milagre e magia. Vivemos vidas tão longas que fazem a história de Ravka parecer um instante fugaz. Mas este lugar, este ponto específico da Dobra, sempre foi sagrado, um lugar onde nosso poder atingia seu ápice e onde estávamos mais profundamente conectados com a criação no coração do mundo. Aqui, qualquer coisa era possível.”

Resenha 🌷

602 páginas // Leigh Bardugo // Planeta Minotauro
Olá leitores, hoje trago a resenha do livro KING OF SCARS – TRONO DE OURO E CINZAS, que faz parte do universo do Grishaverso, recebido em parceria com a editora Planeta Minotauro, e foi lido pela colaboradora, Ale.

AVISO: se você não leu nenhum livro do Grishaverso, está resenha pode conter spoiler.

Nikolai Lantsov, o deslumbrante rei de Ravka, sempre teve o dom de fazer coisas impossíveis. Ninguém sabe exatamente o que aconteceu com ele durante a guerra civil, antes que ele subisse ao trono — e o próprio rei prefere que continue assim.

Agora, inimigos se aproximam por todos os lados, e Nikolai precisa encontrar uma maneira de encher os cofres de Ravka, forjar novas alianças e proteger o exército Grisha de ameaças.

Porém, a magia sombria que se esconde dentro dele parece cada dia mais forte, ameaçando destruir tudo o que ele fez e vem fazendo por seu povo.

Acompanhado de um jovem monge e de Zoya Nazyalensky, Nikolai viajará para os cantos mais longínquos de Ravka, onde a magia profunda ainda existe, em busca da cura para o terrível mal que está dentro dele.

🌷King of Scars é um livro de passagem para o último  do universo grisha, e acredito que por isso, a autora deixou todas as questões para resolver no último livro.

Por isso, o começo é bem moroso, mas todas as histórias inseridas aqui são resolvidas e entregue no final desse livro, o que de fato me agradou muito.

A trama se inicia após três anos do último livro da trilogia Sombras e Ossos, e um mês após o último livro de Six of Crows, portanto é necessária a leitura desses livros para entender a história, pois, ela é uma continuação.

A narrativa se divide em dois arcos:
Primeiramente com a Nina e sua jornada após a perda repentina de Mattheo.

E segundo, com nosso querido rei Nikolai e Zoya sua fiel escudeira, que busca uma cura para a sombra que habita dentro dele.

Depois da batalha no porto, Nina adquiriu um poder muito importante, o que fez com que eu me emocionasse em vários momentos por conta de sua jornada em busca de recomeçar e superar sua enorme perda.

Fora isso, a missão da Nina é muito importante para a sobrevivência de Ravka e para o reinado de Nikolai.

A parte dela tem mistérios, crimes, investigação, resgate e um reencontro sinistro e improvável.

Deu para perceber que a Nina será uma peça chave para o próximo livro.

Nikolai ainda carrega  a sombra negra que está cada vez mais forte e ele não consegue mais controlá-la.

Agora a sombra que parece um volcra, age por si só colocando a vida das pessoas em perigo, principalmente daquelas que Nikolai ama, por isso ele resolve ir atrás da cura.

A jornada de Nikolai é de tirar o fôlego, muitas lutas, batalhas e suspense, além disso, ele precisa se preparar para um possível guerra, reerguer Ravka e se preparar para um casamento, pois precisa produzir sucessores.

No final da jornada tem um mega, super plot-twist que os fãs da série com certeza vão ficar bem surpreendidos.

Mas o destaque desse arco com certeza é Zoya: ela rouba a cena, que mulher maravilhosa, forte, dedicada e comprometida com seu rei.

Terminei o livro preparando meu coração para o próximo livro, que tem tudo para fechar esse universo todo com maestria.

Resenha: Deliciosa Armadilha / D. A. Lemoyne

Resenha: Deliciosa Armadilha / D. A. Lemoyne

💬 “— Não precisa saltar sozinha. Nunca mais. Disse-me que coleciona momentos? A partir de hoje, colecionarei suas palavras. Não vou me esquecer do que falou. Eu quero tudo, Beatrice. Cada sonho seu se tornando realidade. Eu te amo.”

Resenha 🌷

370 páginas // D. A. Lemoyne
Olá leitores, hoje trago a resenha do livro DELICIOSA ARMADILHA, primeiro livro da série feitiço italiano, que eu li em parceria com a autora, D. A. Lemoyne.

Beatrice sempre foi a neta perfeita.
Estudiosa, linda, dedicada e sempre seguiu as regras que seu avô, pessoa da qual ama imensamente, sempre estipulou.

Porém, ela resolve durante uma noite viver imensamente e sem se preocupar com o que vão falar sobre si.

O problema é que está noite acaba saindo em todos os tabloides, afinal, ela é uma mulher conhecida por todos.

E então, seu avô decide que ela precisa de um castigo a altura de suas ações: ou ela aceita ter um tutor por um ano, ou não terá acesso a sua herança durante um bom tempo.

O problema é que o homem escolhido por ele é sexy, lindo e sempre mexeu com o coração de Beatrice.

Será que ela vai conseguir conviver com ele sem reviver sentimentos que nutriu sempre? E será que ele conseguirá resistir aquela ruiva no qual sempre fantasiou?

🌷Eu esperei muito por este livro do Tommaso e afirmo que ele atendeu todas as minhas expectativas.

Que eu amo os livros da autora não é segredo para ninguém!
Porém, essa história eu sabia que teria camadas que mexeriam comigo.

O protagonista da história nos é apresentado no livro “um bebê para o italiano” e desde então, eu sempre quis saber mais sobre o seu lado da história.

E foi muito bonito desvendar camada por camada da sua personalidade.

O Tommaso é apaixonante durante toda a história.

E nada melhor do que para acompanhá-lo, termos uma mocinha meiga, mas em simultâneo, decidida, forte e bondosa.

Os dois brigam bastante no começo da história, mas isso nada mais é do que um disfarce do quanto eles se desejam e da química intensa que possuem.

Eles são perfeitos e se completam perfeitamente juntos.

Além disso, a autora conseguiu abordar muito bem a família de ambos, e deu para sentir toda a dor por tudo o que ambos passaram, mesmo que suas histórias eram diferentes.

Eu adorei as interações entre o casal, mas também amei elas com os personagens secundários.
Eles são super importantes para a construção da história pela forma que a autora conduz toda a trama.

Nem preciso dizer o quanto estou ansiosa pelos próximos livros dos personagens que já haviam sido mencionados anteriormente, bem como pelos que nos foram apresentados agora.

É um livro especial, e um ótimo início de série que tem tudo para me viciar em todos os próximos livros também.

Kit – Hopeless / Colleen Hoover

Kit – Hopeless / Colleen Hoover

Da autora dos best-sellers É assim que acaba e Verity, conheça Sky, Holder, Six e Daniel em um kit que reúne pela primeira vez as histórias dos personagens da série Hopeless, em novas edições com capas inéditas da artista Carmell Louize e marcadores temáticos.

Um caso perdido (384 páginas)

Um caso perdido é o primeiro volume da série Hopeless, onde os dilemas e traumas de Sky e Holder são introduzidos de maneira sensível e arrebatadora. Os personagens, com seus complexos passados, viverão uma incrível e inesquecível história de amor. Mas nada será tão fácil…

Sem esperança (320 páginas)

Após se apaixonar por Sky e Holder em Um caso perdido, agora é a hora de conhecer o outro lado da história… Sem esperança, o segundo volume da série Hopeless, oferece a perspectiva única dos impactantes acontecimentos através do olhar de Holder.

Em busca de Cinderela + Em busca da perfeição (256 páginas)

Um encontro despretensioso no escuro e uma confissão de amor inesperada: seria a narrativa perfeita, não fosse tudo faz-de-conta. Será que, após o labirinto repleto de imaginação à la Cinderella que Six e Daniel criaram, o verdadeiro amor vai falar mais alto? Embarque – e se apaixone – nessa história de amor nada convencional, cheia de altos e baixos e finais tão felizes quanto reais, com personagens vistos anteriormente nos livros da série Hopeless.

Resenha: Prometida para o mafioso / Mari Cardoso

Resenha: Prometida para o mafioso / Mari Cardoso

💬 “Sempre tive medo de pertencer tanto a Danilo que me perdesse completamente. Eu tinha certeza que amá-lo iria me destruir. Nós dois éramos uma combinação explosiva e incrivelmente perfeita. Duas peças confusas que se encaixaram perfeitamente. A vida me surpreendeu com um amor tão forte que ser dele era uma honra. Um orgulho. Ele era meu também e me amava com a mesma força e intensidade.”

Resenha 🌷

321 páginas // Mari Cardoso
Olá leitores, hoje trago a resenha do PROMETIDA PARA UM MAFIOSO, que eu li em parceria com a autora, Mari Cardoso.

Danilo Venturinni conhecia bem como funcionava a máfia. Afinal, ele comandava a Calábria, mesmo que muitos desconhecem seu rosto.

Todos sabiam que ele era um líder poderoso e implacável.

Contudo, ele agora quer conquistar um novo território, mas sabe que para isso, unir forças é sua melhor opção.

E para isso, nada melhor do que o casamento. Ainda mais com uma jovem adequada, e que possa trazer alianças boas para seus planos.

Ele só não contava, que ao conhecer sua futura esposa, ela se mostrasse muito mais do que esperava.

Por trás da fachada de jovem inocente, Bella Mansueto guarda uma personalidade fria e que sabe que não vai deixar que um homem a destrua.

Muito menos aquele que será seu marido.

Ela sabe que deve tomar cuidado com ele, mas não contava, que tivesse não somente que cuidar de como ele vai mudar sua mente, mas também seu coração.

Ele fará de tudo para conquista-la, afinal, ela é muito mais do que uma simples prometida para um mafioso.

🌷Com cerca de 18% da história eu chamei uma amiga que também estava lendo e falei: amiga, eu estou totalmente apaixonada por este livro.

Eu só não contava, que a medida que a leitura fosse avançando, eu fosse amar mais ainda essa história.

Esse casal é pura intensidade.
Eles têm gênios intensos, apesar de personalidades distintas.

Enquanto a Bella tem uma fachada de mulher fria, e que não se deixa abalar, o Danilo é o oposto. Ele é um homem de coração quente, e que toma como missão “descongelar o coração de gelo da Bella”.

Num certo momento, ele fala durante a história, que vai dominar ela totalmente, e ele domina.

Porém, ele domina da melhor forma possível.

Ele domina com amor, confiança e companheirismo.

Além disso, a química que ambos possuem, é avassaladora. Eles se complementam, se entendem, e rendem cenas não somente quentes, mas também divertidíssimas.

Eu me diverti demais com eles, mas também sofri e fiquei desesperada com algumas situações.

Até porque, a história tem como plano de fundo a máfia, e nunca nada é um mar de rosas em histórias assim.

A autora colocou muita paixão, romance, cenas quentes, ação, emoção e alguns segredos que acabam sendo revelados.

É uma história intensa do início ao fim, e eu amei a junção dela com outras séries da autora, porque só me fizeram ficar mais ansiosa ainda com tudo o que vem por aí.

Então, se você quer uma história intensa e para se apaixonar, corre e baixa esse aqui, pois, vai se encantar.

Resenha: Sem Julgamentos / Meg Cabot

Resenha: Sem Julgamentos / Meg Cabot

💬 “Mas que coração não reagiria a um homem grande e bonito segurando um gato fofo e peludo – mesmo o gato não tendo dentes?”

Resenha 🌷

322 páginas // Meg Cabot // Editora Record
Olá leitores, hoje trago a resenha do livro SEM JULGAMENTOS, que eu recebi e li em parceria com a editora Record.

Sabrina está cansada de levar sua vida da forma como leva.

Querendo recomeçar, ela larga toda a sua vida em Nova York, e parte para a paradisíaca ilha de Little Bridge, na Flórida, para assim levar sua vida da maneira que quiser.

Contudo, um furacão se aproxima da ilha, e por mais que ela saiba que o correto era sair de lá, e buscar abrigo em um lugar seguro, ela não consegue sair e abandonar seu gatilho que está doente.

Ainda mais, porque ela sabe que precisa não somente salvar seu gatinho, mas também todos os animais que residem na ilha.

Porém, para isso, ela terá que contar com a ajuda de Drew, conhecido por todos, por ser o homem mais bonito e sedutor do lugar.

O que ambos não contavam, era que mesmo na maior catástrofe, um amor puro surgiria, mas que para isso, eles teriam que aprender muito sobre a palavra “julgamento”.

🌷Fazia muito tempo que eu não lia uma história da Meg Cabot, e quando eu coloquei meus olhos nessa capa, eu fiquei tão encantada, que sabia precisar ler essa história.

Por sinal, eu achei essa capa linda, e total condizente com a história contada no livro.

É um clichê. Bem clichê.
E eu não esperava nada de diferente disto, afinal, é o estilo da autora de escrever e de desenvolver suas histórias.

A história acontece no meio de um turbilhão de acontecimentos que assolam a ilha, e neste ponto a autora desenvolveu a trama muito bem.

Eu consegui visualizar o que aconteceu, e tenho certeza de que agiria da mesma forma que a Bree, porque não conseguiria abandonar vários bichinhos a mercê da própria sorte.

Eu achei o romance entre a Bree e o Drew fofo, mas senti falta de uma química maior. Não sei, parece que faltou algo para a história realmente decolar.

O tema principal é o fato de julgarmos as pessoas e as atitudes do outro, sem saber, suas motivações.
Nesse ponto eu achei a abordagem bem importante e interessante, porque isso acontece milagres de vezes durante a nossa vida, e que muitas vezes nem nos damos conta ao fazê-lo.

Se você quer uma história leve, rápida de ler, cheia de animais fofos, e com um clichê sobre recomeços, vai gostar bastante da história.