Resenha: Uma família para o cowboy / D. A. Lemoyne

Resenha: Uma família para o cowboy / D. A. Lemoyne

Resenha 🌷

450 páginas //
Olá leitores, hoje trago a resenha do livro UMA FAMÍLIA PARA O COWBOY, segundo livro da série Alma de Cowboy, e que eu li em parceria com a autora, D. A. Lemoyne.

Callum Gray, quer uma família.

Contudo, seus planos incluem uma esposa e filhos, mas não se apaixonar por sua mulher.

Porém, o destino parece ter outros planos para esse cowboy rude, quieto e nem um pouco delicado.

O que ele não contava, era que seu caminho fosse cruzar com a doce, Mackenzie Donovan.

Mackenzie está desesperada, já que sua vida e de sua irmã corre perigo, pois, despertou o desejo de um homem cruel e sem escrúpulos.

Quando então, um cowboy cruza com o seu caminho, e oferece ajuda, ela não sabe se deve aceitar, e muito menos se pode confiar nele.

Quando o desejo fala mais alto em ambos, Callum terá que fazer uma escolha.
Ou entrega seu coração para Mackenzie, ou não terá nada dela.
Afinal, ela sabe que ambos merecem um final feliz, e ela não espera nada menos que isso em sua vida.

Façam suas apostas.
Neste embate, ou os dois vencem, ou ambos saem perdendo.
Mas, lembre-se no jogo do amor, tudo é possível.

🌷Eu sou uma fã de carteirinha dos livros da autora, e cada livro das séries dela que eu leio, mais eu fico apaixonada.

É impressionante o quanto a escrita dela consegue me prender da primeira a última página.

Leio o livro numa velocidade, que nem sinto as páginas passarem.

E com esta história não foi diferente.
Desde o primeiro livro da série “O Dono do Texas”, no qual eu conheci o Callum, eu fiquei super curiosa com a sua história, e quis porque seu coração era tão fechado e, porque o seu jeito orgulhoso era tão forte.

E ao conhecer mais a fundo dele, eu me apaixonei mais do que achei ser possível.

Ele foi um personagem intenso, com seu jeito de cowboy que me fisgou, e que passei a amar como poucas vezes aconteceu.

A Mackenzie era tudo o que ele precisava. E ver o quanto mesmo com a pouca idade ela foi forte, decidida, e como sabia o que queria pera si, foi algo surpreendente e apaixonante.

Eu me apaixonei pelo Callum, como aconteceu com a Mackenzie, e me apaixonei pelo jeito dela de ser.

Além disso, a família novamente é bem presente na história e adorei acompanhar como algumas feridas foram fechadas, e como consegui ver ambos os pontos de vista de forma clara e certeira.

Essa série com certeza se tornou uma das minhas queridinhas, e eu que espere mais algum tempo pelo próximo livro.

E posso apostar, que também vou amar.
Afinal, é isso que acontece com todos os livros da autora.
Ela me envolve, domina meu coração, e me deixa sempre querendo mais e mais.

Portanto, se você ainda não conhece essa história, corra já e a leia! Sei que irá amar tanto quanto eu.

Resenha: Uma taça de chá / Lala Cavinato

Resenha: Uma taça de chá / Lala Cavinato

Resenha 🌷

416 páginas
Olá leitores, hoje trago a resenha do livro UMA TAÇA DE CHÁ, que eu li em parceria com a autora, Lala Cavinato.

Chiara Grassi tem um emprego que ama, e um noivo pelo qual acreditava ser apaixonada.

Até que as vésperas de seu casamento, tudo de repente ruiu.

Querendo recomeçar, ela decide mudar para um lugar mais afastado, mas que tenha a tranquilidade e a paz que procura.

Contudo, ela não imaginava que seu vizinho, Paolo, fosse ser tão bonito e, ao mesmo tempo, tão enigmático.

Por mais que tente dar paz ao seu coração, todas às vezes que cruza um ele, seu coração insiste em acelerar e seu corpo parece o querer com uma intensidade avassaladora.

Porém, Paolo tem mágoas e traumas em seu passado, e um relacionamento não está em seus planos, mesmo que a atração por sua vizinha pareça ser mais forte que tudo.

Eles são diferentes, mas juntos, aprenderam que confiar novamente e abrir seus corações, pode ser uma ótima escolha.

🌷Romance entre vizinhos mexe absurdamente comigo.
E junte a isso um mocinho com um passado misterioso, aí pronto!
A leitora aqui já fica obcecada.

E tem várias coisas que me fizeram amar ler este livro.

A primeira delas, foi com certeza a atração dos dois, que para mim, foi algo palpável e eu fui me envolvendo com eles.

Além disso, nós temos todo um mistério, acerta de algumas situações que estão ocorrendo na história e que me deixou obcecada para saber afinal o que era, e quem era o responsável.

E nada melhor do que um bom mistério para prender o leitor, não é?

Pois bem! Eu fiquei completamente obcecada quando passou dos 25% e fui me mantendo assim até o final da história.

E tem mais coisas que eu amei nesse livro.
A cumplicidade entre os personagens, o respeito e admiração que ambos criaram durante a história.

A irmã, cunhado e sobrinha da Chiara, além dos pais do Paolo, que em todos os momentos que apareciam, traziam uma leveza e uma paz ao relacionamento e a vida dos dois.

Eu me emocionei de ver o Paolo se abrindo, e permitindo que seu coração voltasse a se apaixonar, além de ver a Chiara como uma mulher forte, decidida, sedutora, mas também amiga, delicada e apaixonante.

Eu adorei mesmo o livro, e quem é apaixonado por clichês que tem certos mistérios, com certeza vai ficar preso na história como eu fiquei.

Uma ótima indicação para aproveitarem este feriado, com um livro delícia de ler, e bem envolvente.

Resenha: As duas versões de nós dois / Júlio Hermann

Resenha: As duas versões de nós dois / Júlio Hermann

Resenha 🌷

176 páginas // @juliohermann // @faroeditorial
Olá leitores, hoje trago a resenha do livro AS DUAS VERSÕES DE NÓS DOIS, que eu recebi e li em parceria com a Faro Editorial.

Daniel tem um trabalho que ama, e que sabe que a maior oportunidade de sua vida: ganhar um Leão de Ouro em Cannes.

Contudo, apesar de tudo estar indo bem em seu trabalho, na vida amorosa tudo é um desastre, já que ele sabe ser apaixonado por sua melhor amiga, mas ela prefere olhar para homens que não tratam bem, ao invés de reparar nele, que tem todas as qualidades que uma mulher busca.

Até que, cansado de ouvir ela reclamar de outros homens, ele toma uma atitude que acaba os distanciando mais ainda.

E para ajudar sua maré de azar, seu colega de trabalho arma contra ele, e ele é demitido sem qualquer chance de se defender.

Tudo está péssimo em sua vida, até que Ananda surge e muda tudo o que ele acreditou saber sobre o amor, e sobre sua vida.

🌷Este livro é tão curtinho e de uma escrita rápida, que eu cheguei ao final sem perceber.

A história é meiga, e com um clichê bem fofo de acompanhar.

Apesar de em alguns momentos eu querer dar um chacoalhão no Daniel, já que ele sempre se deixava colocar para baixo devido a sua amiga Olívia, eu gostei da história.

Confesso que eu esperava mais ação, principalmente por parte dele, porque ele parecia não enxergar o quanto ela era má e mesquinha.

Mas, mesmo assim, é uma boa história.
Por ser curta, eu não criei muitas expectativas sobre a mudança da forma de ser dos personagens no início do livro, por isso, não me decepcionei com a história.

Como falei anteriormente, é um livro rápido, cheio de ilustrações bem bonitas (e eu amo as edições da editora por isso), e que quando você percebe já acabou.

E o primeiro livro do autor que leio sem ser um livro de crônicas e pensamentos, mas que gostei, e entendi qual foi a proposta dele ao escrever a história.

Para quem gosta de livros clichês, e com uma edição linda, é com certeza uma ótima pedida.

Primeiras Impressões: Apenas por conveniência? / Cris Barbosa

Primeiras Impressões: Apenas por conveniência? / Cris Barbosa

Primeiras Impressões 🌷

Olá leitores, hoje trago as primeiras impressões do livro “APENAS POR CONVENIÊNCIA?”, que eu estou lendo em parceria com a autora, Cris Barbosa.

Quem assistiu meus stories na semana passada, sabe que eu estou numa fase bem, rock’n’roll.
E nada mais gostoso do que aproveitar essa vibe para ler um livro onde o protagonista é um vocalista de uma banda de rock, certo?

Pois, bem! Neste livro conheci o Gael, um rockeiro convicto, e que claro, só quer saber de aproveitar a vida e não se apaixonar.

Até que por conta de uma atitude inconsequente, ele vê toda a sua carreira correr o risco de ir “para o ralo”, a não ser que ele se case e pareça estar apaixonado.

E eu e vocês meus leitores apaixonados por casamentos por conveniência, já podem imaginar como estou, né?

Viciadíssima e completamente apaixonada pelo Gael e pela Helena.

E sinceramente acredito que nem vou dormir hoje, porque eu não preciso dormir, eu preciso de respostas e preciso urgentemente saber o final dessa história, porque eu tô amando demais.

Então, quem vai embarcar comigo nessa história?

Rockeiro + casamento por conveniência = tudo para mim.

O livro lançou a pouco tempo, e está disponível no catálogo do Kindle Unlimited.
Então, se você ainda não assinou, corre para assinar, ou compre esse livro, porque sei que ele vai conseguir te viciar como eu.

Vou deixar a sinopse abaixo para conhecerem mais sobre a história.

Sinopse 🌷:
Casar-se não estava nos planos de Gael Walker, vocalista de uma famosa banda de rock. Ele só queria curtir a vida e usufruir dos benefícios de ser uma celebridade. Até que se envolve em um grande escândalo que pode acabar com a sua carreira e a única maneira de abafar tudo é se casando.


Não querendo renunciar à sua liberdade, com a sua equipe, resolve optar por um falso casamento. Um contrato assinado por tempo determinado, conveniente para ambas as partes, e tudo estaria resolvido.


O que ele não esperava é que a linda, ingênua, simples, doce e forte Helena Alves iria infiltrar em seu coração, fazendo-o se sentir muito atraído por ela e questionar se seu casamento deveria continuar sendo apenas por conveniência.

*CONTEÚDO IMPRÓPRIO PARA MENORES DE 18 ANOS.

Resenha: Uma Proposta Irrecusável

Resenha: Uma Proposta Irrecusável

Resenha 🌷

406 páginas // Editora Record
Olá leitores, hoje trago a resenha do livro UMA PROPOSTA IRRECUSÁVEL, que recebi em parceria com a Editora Record e que foi lido pela colaboradora, Juh Pongeluppe.

Sophie já se acostumou com sua família sempre a subestimando e falando que ela não tem nenhum talento.

E quando sua família descobre que um tio mal-educado e rico, está precisando de ajuda, eles decidem mandá-la para lá, de modo a cuidar dele e quem sabe conquistar sua simpatia, para que a herança vá para eles.

E quando conhece aquele senhor simpático e muito diferente do que sua família falava, ela cria um carinho e um sentimento muito bom por ele, que pede então que ela vá para os Estados Unidos e descubra algumas informações para ele.

E quando sua amiga que está em Nova York, insiste mais ainda para ela ir para lá, ela decide seguir seu coração.

Contudo, não esperava chegar e conhecer uma doce senhora, que se tornaria uma grande amiga, e menos ainda conhecer seu neto, Luke.

Luke tem tudo o que ela não quer em um homem, mas como negar a atração e o magnetismo que insiste em aproxima-los?

🌷Esse livro tem uma história tão fluida, que não mal senti suas mais de 400 páginas passar.

A Sophie desde o início se mostrou uma menina gentil, meiga e com um coração enorme, e cheio de amor para destruir.
Mesmo sua família a tratando muito mal, ela ainda não consegue se magoar com tudo o que dizem sobre ela.

Além de ser bondosa, o que mais gostei na personalidade da Sophie, foi durante todo o livro uma personagem engraçada e altruísta, e que me tirou vários sorrisos do rosto.

Apesar de ter gostado do livro, dois pontos na história dele, me incomodaram um pouco.
A primeira delas foi o Luke.

O Luke, que é nosso mocinho… bom, eu gostei dele, mas não foi de fato um personagem que me conquistou realmente.
Em alguns momentos acreditei que a Sophie merecia um mocinho mais apaixonado e que a tratasse do jeito que a família dela nunca a tratou, e para mim, ele pecou um pouco nisso.

O outro ponto, que também não gostei muito, foi que um mal-entendido entre o casal, foi resolvido de forma muito rápida, e eu no lugar da Sophie, teria feito ele sofrer bem mais, e não perdoado assim tão rápido.

E talvez essa conclusão, que tenha chegado muito rápido, tenha feito eu não gostar tanto do livro, como pensei que aconteceria.

Contudo, é uma história legal, meiga e boa para quando queremos um livro sem muitos dramas, e com uma história bem rápida de ler.