Resenha: Layla / Colleen Hoover

Resenha: Layla / Colleen Hoover

💬 “É no silêncio que todos os erros acontecem.”

Resenha 🌷

resenhameuromeo

Olá leitores, hoje trago a resenha do livro LAYLA, que eu recebi e li em parceria com a Editora Galera Record.

Desde o primeiro momento em que Leeds pousou seus olhos em Layla, ele ficou completamente fascinado por seu jeito de ser.

E a conexão de ambos foi tão grande, que desde aquele primeiro momento, eles embarcaram em um relacionamento intenso, rápido e avassalador.

Contudo, depois de uma tragédia, Layla precisa lutar desesperadamente pela vida.

O problema é que depois disso, ela parece ter perdido todo o brilho e conexão que possuía com Leeds.

Querendo que Layla se recupere totalmente e assim quem sabe salvar o relacionamento deles que a cada dia está mais deteriorado, ele tem a ideia de levá-la até a pousada em que se conhecerem.

Porém, ao chegar lá, ele percebe que algo está errado naquele lugar.
Determinado a descobrir o que está ocorrendo lá, ele parte em busca de respostas.

E então, ele se depara com Willow, outra hóspede da pousada em que se conheceram.

A conexão entre ele e Willow é imediata, e ele passa a ansiar passar mais momentos ao lado dela, mesmo que com isso ele coloque a vida e a segurança de Layla em jogo.

Ele precisa tomar uma decisão rápida, mas que a cada dia que passa, se torna mais difícil de ser tomada.

🌷 Colleen Hoover é uma das autoras que eu mais gosto de ler, apesar de estar mais acostumada com os livros de romance que ela normalmente escreve.

Quando eu li a sinopse deste, e vi relatos de que ele diferia de tudo o que ela já havia escrito, eu fiquei super curiosa.

E quando o livro chegou aqui em casa, eu não demorei muito e comecei a lê-lo.

E meus amigos, a escrita dela é viciante nessa história.

A princípio, fiquei curiosa sobre a Layla, e sobre como a trama iria se desenrolar.

E passei por vários momentos na leitura.
Fui do desespero, ao medo, a incredulidade, a raiva, ao asco, a mais raiva ainda, e no final eu entendi, mas ainda assim julguei muito as atitudes dos personagens.

Personagens não. Personagem!
Eu questionei muito a atitude do Leeds em relação à forma como ele começou a tratar a Layla.

Sinceramente, eu não sei como eu reagiria à situação que ambos passaram, mas eu como mera leitora, julguei sim, as atitudes do Leeds.

A Willow é uma personagem literalmente única, e que eu não sabia que sentimentos ter por ela, porque eu também passei a questionar suas atitudes.

A Layla é um capítulo a parte, porque ela é uma personagem extremamente complexa, e que despertou em mim muita dó, já que ela sofreu muito, e o homem que deveria estar ao lado dela, acabou tomando atitudes controversas.

É um livro que prende muito. E surpreende mais ainda.
Confesso que algumas coisas eu desconfiava no decorrer da história, mas outras foram totalmente inesperadas.

E uma história que você só vai entender este misto de sentimentos se ler. Te garanto que você vai achar diversas opiniões divergentes sobre ele.

Creio eu que está foi a intenção da autora, então, apesar de não ter amado o livro, eu indico ele, porque como falei, as opiniões dele sempre vão ser divergentes, principalmente pelas atitudes do personagem principal.

Como falei anteriormente, é um tema inesperado, diferente de tudo o que já sonhei em ler, e foi ótimo para eu ter minha opinião sobre a história.

Então, no fim… é uma história boa para quem quer algo diferente, original e envolvente.
Envolvente pode não ser necessariamente bom, e nem necessariamente ruim.

Diferente.
Surpreendente.
E estilo CoHo de ser.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s