Primeiras Impressões: Nos laços do amor / Renata R. Corrêa

Primeiras Impressões: Nos laços do amor / Renata R. Corrêa

💬 “Após saber como era maravilhoso tê-la em meus braços, seria difícil não desejar aquilo de novo e de novo, no entanto, será que existia um futuro em que pudéssemos ficar juntos? Algum dia eu estaria à altura dela, do que merecia?”

Primeiras Impressões 🌷

Olá leitores, hoje trago as primeiras impressões do livro NOS LAÇOS DO AMOR, que eu estou lendo em parceria com a autora, Renata R. Corrêa, publicado pela The Books Editora.

Eu sou uma apaixonada por livros com cowboys.
Apaixonada mesmo. Por ser fã da cultura deles, das músicas sertanejas e dos rodeios, sempre que vejo um lançamento com este tema, eu fico mega ansiosa para ler.

E nesta história, estou acompanhando um casal tão fofo junto, que da vontade me morder eles.

Até porque, ambos se conheceram na infância, eram grandes amigos, perderam o contato, mas agora anos depois, viram uma paixão intensa nascer.

E nada mais gostoso do que um amor nascido no meio da fazenda, com alguns problemas a enfrentar, mas que conseguimos sentir o quão intenso e verdadeiro é.

Comecei o livro hoje, já estou em 47% da história e completamente encantada por este casal.

O livro lançou hoje e está disponível para os assinantes do Kindle Unlimited, e também para quem quiser adquirir o e-book direto no site da Amazon.

Vou deixar a sinopse abaixo para conhecerem um pouco mais sobre a história.

Sinopse 🌷:
Francisco, mais conhecido como Chicão, é um jovem humilde, filho de funcionários da fazenda Esperança que, sem possibilidade de ir para a faculdade, sonhava com um dia ser peão de rodeios para melhorar de vida, ter sua própria terra, esposa e filhos.

Aos dezoito anos, ele partiu em busca de seus objetivos e dez anos depois retorna à fazenda devido ao estado de saúde do pai. Na ocasião, reencontra Cristal, sua amiga de infância, por quem acaba se apaixonando e vivem um tórrido e proibido romance. O relacionamento dos dois desagrada a Dionísio, o pai da moça, que apesar de gostar do rapaz, não pensa que ele seja a pessoa certa para a filha.

Em um rodeio importante, Chicão se fere gravemente e não sabe se um dia conseguirá voltar a competir. Abalado com a constatação, decide se afastar de Cristal, mesmo sem conseguir esquecê-la, pois não deseja arrastá-la para o fundo do poço com ele.

Com o tempo o jovem se recupera, mas será capaz de reconquistar a amada, conseguir a confiança do pai dela, e ainda dar continuidade à carreira de peão, para tentar alcançar o tão sonhado prêmio de um milhão de dólares que mudaria a sua vida?

Venha se apaixonar por esta história bonita, quente e envolvente sobre determinação, amizade e amor.

Conteúdo adulto.

Resenha: O herói que faltava / Júlia Quinn – Lisa Kleypas – Kinley MacGregor

Resenha: O herói que faltava / Júlia Quinn – Lisa Kleypas – Kinley MacGregor

💬 “Três autoras consagradas reunidas. Três contos apaixonantes. Um único livro com histórias para encantar o coração”.

Resenha 🌷

224 páginas // Júlia Quinn – Lisa Kleypas – Kinley MacGregor // Editora Arqueiro
Olá, leitores, hoje trago a resenha do livro O HERÓI QUE FALTAVA, que recebi em parceria com a editora Arqueiro, e lido pela colaboradora, Juh Pongeluppe.

Em “improvável”, Jake Linley é um atencioso e determinado médico, que fará o possível para conquistar o coração da sensata, Lydia Craven, que não quer casar de maneira nenhuma por amor.
Porém, ela não contava com a determinação deste médico apaixonado e intenso.

Em “sonho de um cavaleiro de verão”, Simon Ravenswood precisa responder às cartas de Lady Kenna, em nome de um poderoso conde.
O que ambos não esperavam, entretanto, era que acabasse apaixonados um pelo outro.

Em “um conto de furar irmãs”, vamos conhecer Ned Blydon está apaixonado por uma dama. Contudo, ele acaba de ficar noivo da irmã da mulher por quem é secretamente apaixonado.

🌷Neste livro, vamos ter uma coletânea com três contos, que falam de personagens que já haviam aparecido de outros livros das respectivas autoras, Lisa Kleypas, Kinley MacGregor e Júlia Quinn.

Então, nesta história, as outras escreveram em forma de conto, tramas onde estes personagens, enfim encontram os seus “felizes para sempre”.

Por ser uma história com contos, as tramas são mais curtas, e confesso que isso me frustrou um pouco, porque senti que eles poderiam ter sido melhor desenvolvidos, quem sabe até mesmo em livros próprios.

Porém, não podemos negar que as autoras têm uma escrita muito envolvente. Eu passei de um conto a outro numa velocidade impressionante.

O meu conto favorito foi o da Júlia Quinn. Eu já havia lido ele em inglês, então, foi gostoso revisitar essa história também.

Um dos únicos pontos que eu fiquei confusa, foi em relação ao segundo conto, porque por estes contos serem meio que ‘spin-off’ de outros livros, a história do segundo conto ficou meio que em aberto, porque o livro do qual ele foi originado não foi lançado aqui.

Então, eu recomendaria está leitura, para quem já leu as trilogias “Os mistérios de Bow Street” e “Damas Rebeldes”, para que assim consigam pegar as referências destes personagens, já que eles foram tão presentes nestas histórias.

Resenha: Uma tentação perigosa / Lisa Kleypas

Resenha: Uma tentação perigosa / Lisa Kleypas

💬 “Não são os laços de sangue que unem uma família. É o amor.”

Resenha 🌷

288 páginas // Lisa Kleypas // Editora Arqueiro
Olá leitores, hoje trago a resenha do livro UMA TENTAÇÃO PERIGOSA, sétimo livro da série Os Ravenels, que eu recebi em parceria com a editora Arqueiro, lido pela colaboradora, Juh Pongeluppe.

Lady Merritt Sterling ficou viúva recentemente, e desde então ficou responsável por administrar a empresa de navegação de seu falecido marido.

Por ser filha de uma mãe americana, a sociedade sempre esperou que ela cometesse qualquer deslize para assim flagrá-la em um escândalo.

Quando então, ela conhece o irresistível Keir MacRae, um destilador de uísque escocês com uma beleza de outro mundo, ela sabe que tem sérios riscos de a sociedade conseguir o que quer, afinal, resistir a ele será uma tarefa das mais difíceis possíveis.

Afinal, a atração entre eles é latente e quase irresistível.

Mas, Keir tem maiores problemas com que lidar no momento, já que existem pessoas que querem a todo custo assas’sina-lo.

Conforme o perigo se aproxima, Merritt sabe que precisa fazer de tudo para salvar a vida do homem pelo qual está apaixonada, mas, precisa além de salvá-lo, fazer com que ele se apaixone por ela também.

🌷Se tem uma autora que consegue prender o leitor logo no primeiro capítulo de um livro, essa com certeza é a Lisa Kleypas.

Ela te mantém preso na história, do início ao fim, por conta principalmente da forma como ela constrói seus personagens.

O Keir é um personagem incrível.
Um mocinho doce, apaixonante, e que me fez ficar totalmente apaixonada por ele.
Porque além da beleza que ele possui, o jeito dele é encantador demais.

E a Merritt não fica muito atrás. Ela é linda, forte, destemida e tudo o que ela quer ela consegue.
Só por conta de ser uma mulher, que acaba assumindo os negócios de seu falecido marido, sem medo, já mostra o quão incrível e impressionante ela é.

Então, com personagens são incríveis, fica difícil não afirmar para vocês o quanto eu amei essa história.

Sério, eu me apaixonei pelos personagens, pelas cenas de paixão, pela trama bem escrita de detalhada, e pela escrita envolvente da autora, sendo sempre uma delícia de acompanhar.

O único ponto que eu sinceramente mudaria na história, é o fato deste livro pertencer à série dos Ravenels.
Afinal, a série até então, era focada nos personagens da família Ravenel, e nesta história, a meu ver, ela seria melhor categorizada como um spin-off da outra série da autora “às quatro estações do amor”.

Mas, isso em nada atrapalha o desenvolvimento da história, que me conquistou e que já entrou neste ano como um dos favoritos provavelmente do ano todo em romance de época.

Então, se você é apaixonado pelos livros da autora, acredito que vai se apaixonar por essa história também.

Resenha: O canto mais escuro da floresta / Holly Black

Resenha: O canto mais escuro da floresta / Holly Black

💬 “Uma história repleta de magia e mistérios, que fará com que você se apaixone por este mundo das fadas”.

Resenha 🌷

291 páginas // Holly Black // Editora Galera Record
Olá leitores, hoje trago a resenha do livro O CANTO MAIS ESCURO DA FLORESTA, que eu recebi em parceria com a editora Galera Record, e foi lido pela colaboradora, Juh Pongeluppe.

Hazel e Ben desde pequenos tinham um fascínio por um príncipe com chifres, que descansava em um caixão de vidro na cidade onde moram.

Afinal, eles moram numa cidade onde humanos e fadas convivem harmonicamente, e que por conta da aparente magia inofensiva, acaba por atrair diversos visitantes.

Com o passar dos anos, o fascínio e as histórias que criavam sobre aquela criatura, acabaram diminuindo, já que para Hazel e Ben, ele jamais despertaria.

Até que o inesperado acontece: este príncipe desperta e suas vidas acabam mudando completamente.

🌷Mais um livro da autora que eu termino, e mais uma vez fico surpresa em como a autora mais uma vez me fez adentrar no mundo da fantasia.

Ela tem o poder de descrever as fadas e os cenários com maestria, o que faz com que o leitor consiga se sentir totalmente imerso naquele cenário, e visualizar tudo o que ela descreve, por mais que seja um mundo mágico criado por ela.

E além desse cenário mágico, eu amei demais todos os personagens.
A Hazel e o Ben ganharam o meu coração desde início, e me senti super conectada por eles.

Por ser um livro narrado em terceira pessoa, eu gostei do fato de poder acompanhar visões diferentes do livro, porque podemos acompanhar como todos os personagens sentiam, e dava para perceber e acompanhar as cenas através de outros olhares.

A história é bem desenvolvida, com uma escrita bem fluida, e que me fez matar as saudades desse mundo mágico que eu já havia conhecido em outra série da autora que li, e do qual também sou apaixonada.

Então, se você é apaixonado por fantasia e por mundos mágicos, além de histórias cheias de segredos e com personagens bem apaixonantes, com certeza vai gostar desta história também.

Resenha: Feras e Belas – contos perigosos / Soman Chainani

Resenha: Feras e Belas – contos perigosos / Soman Chainani

💬 “Você pode até pensar que conhece essas histórias, mas está enganado. Na verdade, não sabe nada sobre elas. Se tiver coragem, as histórias estão aqui e agora, só esperando para que as leia como merecem ser lidas!”

Resenha 🌷

240 páginas // Soman Chainani // Editora Gutenberg
Olá leitores, hoje trago a resenha do livro FERAS E BELAS – CONTOS PERIGOSOS, que eu recebi e li em parceria com a editora Gutenberg.

Você já ouviu falar na história da garotinha levada aos lobos como oferenda?

Ou da história de uma garota que por ser a mais bonita do reino, teve que fugir para evitar um destino cruel?

Ou quem sabe conhece aquele garoto que nunca queria crescer?

Nessa livro, vamos conhecer doze novas reapresentações dos clássicos “contos de fadas”.
“Chapeuzinho vermelho”, “Branca de Neve”, “A Bela Adormecida”; “Rapunzel”; “João e Pé de Feijão”; “João e Maria”; “A Bela e a Fera”; “Barba-Azul”; “Cinderela”; “A Pequena Sereia”; “Rumpelstichen” e “Peter Pan”, foram tiveram suas histórias recontadas por este autor, que escreveu outra série de fantasia que eu amei ler.

Eu confesso que me surpreendi demais com esse livro, porque por ser tão fã de todos esses contos clássicos, o autor conseguiu trazer uma nova roupagem para eles, sem perder suas essências, e me deixando totalmente envolvida pelo livro.

E eu nem percebi a hora passar do momento que comecei o primeiro conto até o último.

Claro, que alguns eu gostei mais, como, por exemplo, os contos da “Rapunzel”, “João e Maria” e “Cinderela” que foram com certeza os meus favoritos dentre os doze contos.

Além disso, essa edição está belíssima.
Cheio de gravuras que embelezaram a maioria de suas páginas, fez com que eu ficasse ainda mais imersa durante a leitura.
Inclusive, gostei tanto que resolvi mostrar duas delas, na minha foto, para vocês terem uma ideia de como elas foram bem imersivas.

Portanto, se você é fã destes contos clássicos, é uma ótima oportunidade de conhecer essa releitura pelos olhos deste autor tão incrível, como o Soman Chainani.