Resenha: Dez coisas que eu amo em você / Julia Quinn

Resenha: Dez coisas que eu amo em você / Julia Quinn

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

288 páginas // Julia Quinn // @editoraarqueiro

Olá leitores, hoje trago a resenha do livro DEZ COISAS QUE EU AMO EM VOCÊ, terceiro volume da série Os Belvestoke, que foi recebido em parceria com a Editora Arqueiro e lido pela colaboradora, Ale.

Annabel Winslow sabe que precisa arrumar um marido urgentemente e salvar sua família da ruína.

Irmã mais velha de uma família com sete irmãos, ela sabe que precisa cumprir seu dever, ainda mais agora que seu pai faleceu e sua família precisa muito de si.

Quando chega em Londres, para participar de sua primeira temporada, ela desperta o interesse de um conde milionário e que precisa de uma esposa fértil para manter sua linhagem.

O problema é que ele é grosseiro e totalmente repugnante.

Quando então, durante uma festa ela cruza com o sobrinho de seu pretendente, ela se vê em uma enrascada ainda maior, já que desperta a atenção dele também.

Ela precisa tomar uma decisão: casar com o conde e salvar sua família, ou se entregar ao amor que Sebastian provoca nela.

Entre o amor e a família, qual será a melhor escolha?

🌷Este é o terceiro e último volume da série, e para a minha surpresa, apesar do nome da série ser sobre a família Belvestoke, neste livro a história não é sobre nenhum deles.

Na verdade a história será do personagem Sebastian Grey, que teve uma grande participação no livro anterior.

Se você não leu o livro anterior, apesar de ser sobre outro casal, é importantíssimo que você o leia, já que nesta história é revelado um grande segredo, e que pra mim foi uma grande surpresa.

Este para mim foi o melhor livro da série.

Eu gostei muito do Sebastian já que ele foi um mocinho despretensioso, muito romântico e bem tranquilo.

Como falei anteriormente, ele carrega um segredo bem importante durante os livros, e que trouxe uma leveza a história e que fez eu gostar mais ainda dele.

A Annabel pra mim foi uma mocinha boa, apesar de eu esperar que ela me surpreendesse um pouco mais.

Apesar disso, o casal tem uma química intensa e muito gostosa de ler, e foi palpável o amor que eles construíram durante a história.

Apesar do Sebastian não ser da família Belvestoke ele pra mim salvou a série, já que foi um personagem leve e apaixonante.

Não posso dizer que é a melhor série da Júlia Quinn, porque temos Os Bridgestons para comparar, mas que por ser uma série mais antiga da autora, podemos ver bem a diferença de sua escrita no início e sua evolução para livros mais recentes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s