Resenha: Antônia – Uma Sinfonia

Resenha: Antônia – Uma Sinfonia

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

256 páginas

Olá leitores, hoje trago a resenha do livro ANTÔNIA – UMA SINFONIA, que eu li em parceria com a Editora Planeta dos Livros Brasil.

Willy Wolters tem um grande sonho: reger uma grande orquestra.

Entretanto, esse sonho é quase impossível, já que em 1926 mulheres não podiam se matricular em um conservatório para estudar um instrumento musical, quem dirá então, aprender e reger uma orquestra.

Mas ela é determinada e não desistirá do seu sonho tão facilmente.

E então, quando uma oportunidade surge, ela passa a adotar o nome de Antônia Brico.

E neste momento, ela cruza com um homem capaz de fazer seu coração bater de forma acelerada.

Contudo, a medida que o relacionamento dela avança, seu sonho de reger uma orquestra também vira factível, mas para isso, ela terá que escolher entre o amor ou sua vocação.

🌷Eu adoro livros que remetem ao início do século XIX, principalmente porque eles mostram como a realidade das pessoas eram totalmente diferentes, principalmente em relação às mulheres.

E eu me envolvi demais com a história da Antônia.

Ela foi o tempo todo uma mulher determinada a atingir seu sonho, mas sem precisar destruir o sonho de ninguém.

Ela foi força, foi determinação, foi desejo de aprender, foi uma mulher incrível, e que só queria ser tratada com respeito, e que as pessoas a considerassem tão capaz quanto qualquer homem.

E foi muito gostoso acompanhar a história dela, tanto que eu li o livro em um único dia, porque fiquei a história toda torcendo com ela, e vendo como a trama iria se desenrolar.

Foi um livro diferente do que eu estou habituada, mas que me trouxe uma identificação e uma sutiliza sem igual.

Eu terminei a história encantada com a força e a perseverança dessa mulher que só queria ter o direito de seguir a profissão que tanto sonhou.

Pré-venda com brindes

Pré-venda com brindes

A pré-venda de “Como o Rei de Elfhame aprendeu a odiar histórias”, ou Rei de Elfhame para os íntimos, já está no ar!

Os brinda dessa pré-venda são: Mapa do reino de Elfhame, cards com quotes do livro e o que todo mundo sempre pediu: um Cardan!

Quem garantir o livro na pré-venda vai receber um paper toy do Cardan para montar e ter um Cardanzinho para chamar de seu!

O livro será em capa dura, com ilustrações lindíssimas na parte interna e com hot stamping!

O lançamento está previsto para Maio. Os brindes são exclusivos da pré-venda e limitados.

Resenha – Entre o tempo e o amor

Resenha – Entre o tempo e o amor

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

426 páginas // @silviavanderss_escritora // @chiadobooks

Olá leitores, hoje trago a resenha do livro ENTRE O TEMPO E O AMOR, que eu li em parceria com a autora, Silvia Vanderss.

Um amor é capaz de romper a barreira do tempo?

Mel não sabe, mas seu destino está escrito a muitos anos, e quando durante um chuva ela é transportada para um novo tempo, ela não sabe o que o destino o reserva.

Sem memória e jogada no meio da estrada gravemente ferida, ela é encontrada pelo jovem médico Gustavo.

Gustavo não sabe o que o atrai até Mel, mas desde o momento em que a vê, seu coração bate acelerado sem que ele consiga entender o motivo.

Quando o amor tem que acontecer, nada é capaz de contê-lo.

🌷Este livro me lembrou uma série que eu adoro, e claro que fiquei super animada durante a leitura, já que adoro histórias que remetem ao passado, principalmente quando mostram uma coisa que eu acredito demais, que é o destino.

Como para mim, tudo tem um motivo de acontecer, sejam situações na vida, e até mesmo pessoas que conhecemos no decorrer da nossa história.

A Mel foi uma mocinha muito meiga, e que você via o coração dela bondoso, prestativo e apaixonado.

Já o Gustavo, era um mocinho preso as tradições, mas que sabe que não é justo ter uma vida infeliz, em troca de um compromisso que não trará felicidade a ninguém.

A escrita é bem rápida, tanto que eu li o livro todo quase no mesmo dia, porque a narrativa é fluida, e com bastante diálogos, o que deixa a história mais dinâmica ainda.

Foi um livro fofo do início ao fim, e que me trouxe um quentinho no coração, já que terminei bastante encantada não só com a história, mas também com o vislumbre do futuro que os personagens tiveram.

Aos apaixonados por histórias que falam sobre destino, passado, presente, tempo e amor é uma ótima pedida.

Vocês vão com certeza achar a história fofa, como eu achei.

Conheça o livro A casa dos muitos caminhos

Conheça o livro A casa dos muitos caminhos

Olá leitores, recentemente a editora Galera Record anunciou a pré-venda do box “O castelo animado.

E com isso, fiquei tão empolgada por aqui, que resolvi trazer a sinopse dos livros para vocês conhecerem.


Sinopse: A casa dos muitos caminhos

Em A casa dos muitos caminhos, mergulhe na história de Charmain Baker, uma jovem superprotegida pelos pais, apaixonada por livros e que recebe uma repentina tarefa: cuidar da casa de seu tio-avô William Norland, um mago idoso que, por conta de uma doença, precisa sair da cidade em busca de tratamento. Charmain acredita que a obrigação acabará, no fim, valendo a pena: afinal, esta é sua oportunidade perfeita de sair de casa e um dia trabalhar na Biblioteca Real, seu maior sonho. No entanto, ela não fazia ideia que a casa era repleta de magia! Com uma infinidade de portas, quartos e segredos, a estadia na casa de seu tio-avô se torna uma aventura e um mistério cada vez maiores a cada dia que passa.

Trilogia “O povo do ar” / Príncipe Cruel – Rei Perverso – Rainha do Nada – Como o rei de Elfhame aprendeu a odiar histórias.

Trilogia “O povo do ar” / Príncipe Cruel – Rei Perverso – Rainha do Nada – Como o rei de Elfhame aprendeu a odiar histórias.

Olá leitores, como o mês temático da série “O povo do ar” segue firme e forte, hoje estou passando para falar um pouco mais sobre a trilogia e também para divulgar o novo lançamento da série “Como o rei de Elfhame aprendeu a odiar histórias”, que está em pré-venda.

Bom, para quem leu a trilogia, sabe que as cartas do Cardan foi um dos temas dos brindes da pré-venda e elas tiveram uma grande divulgação, pois, quem realmente é fã da trilogia, sabe que essas cartas foram escritas com desespero e também muito amor.

Além disso, foi uma forma dos leitores conseguirem entender um pouco da mente do Cardan, que é um personagem que faz o leitor amar e odiá-lo de várias formas, até que se perceba uma mudança nele.

E as cartas foi uma ótima forma de saber mais sobre esse personagem.

E o melhor de tudo, é que para os admiradores da série, vem ao o novo livro dentro deste universo, e que é narrado pelo próprio Cardan.

O nome do livro é “Como o rei de Elfhame aprendeu a odiar histórias”, e ele já está em pré-venda e vem com uma série de brindes incríveis.

Eu estou super ansiosa para ter o meu.

Então, se juntem a mim e adquiram já essa pré-venda maravilhosa.