Resenha: Como domar um mulherengo / D. A. Lemoyne

Resenha: Como domar um mulherengo / D. A. Lemoyne

💬 “É o exato momento em que sei que não vou, ou quero, voltar atrás. Porque ela é minha. Sempre foi minha. E todos os caminhos tortuosos que nos trouxeram até aqui, não fizeram mais do que obedecer ao que o destino já havia determinado.”

Resenha 🌷

400 páginas
Olá leitores, hoje trago a resenha do livro COMO DOMAR UM MULHERENGO, terceiro livro da série Irmãos Oviedo e que eu li em parceria com a autora, D. A. Lemoyne.

Martina Caldwell-Oviedo sempre foi tratada como a princesinha da família, já que além de única menina no meio de quatro irmãos homens, é também a caçula da família.

Contudo, ela sabe que carregar o sobrenome Oviedo tem suas responsabilidades.

E quando ela se vê sendo ameaçada, por sua ex-sogra, que está furiosa com o rompimento dela com seu filho, ela não sabe bem como resolver esta situação, porque precisa proteger tanto sua carreira, bem como sua família de um terrível escândalo.

E quando a solução vem do homem pela qual sempre nutriu suas maiores fantasias, ela não sabe se deve aceitar sua ajuda, ainda mais porque não sabe como resguardar seu coração.

Porém, o que ela não esperava, era que de um acordo com prazo de validade, o coração de ambos fosse explodir de sentimentos que não queriam sentir.

Entretanto, ele carrega um segredo que pode pôr fim, não somente ao que sentem, mas todo o futuro deles a prova.

🌷Desde o primeiro livro eu esperava ansiosamente pelo lançamento desta história.

Começa que o jeito da Martina sempre me encantou, porque além de ela ser a caçula, ela sempre se mostrou uma mulher forte e decidida.

E quando comecei este livro, e passei a conhecer mais sobre ela, me rendi mais ainda ao seu jeito de ser.

Começa que ela entra numa carreira que eu admiro intensamente, e que foi maravilhosa a forma como a autora conseguiu falar sobre ela, não somente expressando o que muitos vivem, mas falando também sobre o preconceito e sobre os julgamentos que os que seguem essa profissão vivem.

E fora isso, tem a história de um casal intenso, apaixonado e completamente perfeito junto.

Como não amar ler um homem mulherengo sendo domado? Eu com certeza amo essa temática, ainda mais por o Raul ser um jogador de futebol americano, um esporte que eu costumo acompanhar sempre.

O Raul foi um personagem muito bem construído, e que dava para perceber o quanto ele tinha medo do amor, e a forma como segredos podem às vezes atrapalhar tanto a vida de uma pessoa.

Eu amei acompanhar eles.
Amei as cenas quentes, e a química que o casal exalava em 100% das cenas.

Eles juntos era a união do jeito mulherengo, com uma mulher cheia de fantasias para realizar, além das frases sarcásticas e divertidas que eles tinham entre si.

E não posso dizer de citar, como mais uma vez a família foi presente na história, e em como eu amo cada um desses personagens, além de ter um vislumbre dos dois casais anteriores, e de saber como eles estão a cada história terminada.

Então, só posso terminar está resenha, evidenciando mais uma vez o meu amor pelos livros e pela escrita da autora, que não canso de elogiar, já que conseguem mês a mês conquistar meu coração, com cada uma das histórias que nos agracia.

Apaixonada mais uma vez por essa família que já faz parte do meu coração, e ansiosa pela próxima história.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s