Resenha: O homem que brincava com fogo / Jan Stocklassa

Resenha: O homem que brincava com fogo / Jan Stocklassa

💬 Se você tivesse acesso a arquivos segredos que envolvem um crime totalmente misterioso, o que faria?

Resenha 🌷

420 páginas
Olá leitores, hoje trago a resenha do livro O HOMEM QUE BRINCAVA COM FOGO, que eu recebi e li em parceria com a Editora Verus.

Stieg Larsson foi um jornalista, escritor e uma dos maiores ativistas políticas da Suécia.

E durante uma de suas investigações, ele foi a fundo para tentar descobrir um dos maiores mistérios da Suécia: o assassinato, em 1986, de Olof Palme, primeiro-ministro da Suécia.

Porém, sua morte prematura, fez com que todos os seus escritos fossem deitados de lado, sem ele poder concluir sua investigação.

Contudo, depois de muito tempo destes arquivos esquecidos, Jan Stocklassa acaba de ter acesso exclusivo a estes arquivos segredos.

E ele sabe que deve continuar com estas pesquisas, analisando esse enorme “quebra-cabeça”, de modo a desvendar esse mistério.

Munido de todas as informações, ele sabe que sua missão é arriscada, mas que deve segui-la independente de qualquer coisa.

🌷Desde que em meados de 2014 eu assisti ao filme “Millennium: Os homens que não amavam as mulheres”, eu fiquei fascinada sobre não somente a trama, mas tudo o que ela envolve.

E quando li os livros escritos pelo autor Stieg Larsson, eu fiquei mais ainda maravilhada em como ele é inteligente, observador, e genial em procurar informações sobre um verdadeiro investigador.

E quando vi que a Editora Verus ia lançar esse livro, escrito devido a pesquisar que o Stieg havia realizado antes de sua morte, eu sabia que precisava ler.

E que livro viciante.
Apesar de parecer um livro de ficção, essa história não tem nada de ficção. É uma história real, e que foi escrita por um autor que assumiu esses registros com maestria.

É surpreendente o nível que pesquisa que o autor realizou para poder escrever essa história.

Apesar de ser um livro totalmente fora da minha zona de conforto, eu fui sendo “engolida” pela história, de tal forma que não conseguia parar de ler, e percebi como certas coisas acontecem serem muito acima da compreensão de sua imensa maioria da população.

Eu sinceramente ainda me pego pensando, em como na real nós pensamos que sabemos o que certas coisas acontecem, mas que, na verdade, não sabemos realmente de nada.

Envolvendo registros sobre a polícia, sobre outros países, sobre fatos históricos muito aquém do que nos ensinam, e até sobre coisas totalmente fora da nossa compreensão, percebi o quão pouco sabemos.

O livro tem capítulos curtos, recheado de informações, e que vai nos surpreendendo a cada capítulo mais.

Eu percebo agora, como as vezes pensamos que um gênero ou livro não é para nós, mas que, na verdade, não poderíamos estar mais que enganados.

Esse livro é com certeza feito para mim, e espero ansiosamente por mais novidades sobre essa história, e sobre este autor, que pelo que percebi, já pegou todo o jeito do Stieg, e que tem muito ainda por surpreender.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s