Resenha: Vivendo nas entrelinhas / Juliana Cirqueira

Resenha: Vivendo nas entrelinhas / Juliana Cirqueira

💬 “O perfeito não existe. Existe o feliz, mesmo que imperfeito. Quero que você saiba que existe algo muito mais importante e que não pode ser ignorado, e isso são os seus sentimentos. Você não deve se anular, nunca, e se um dia precisar escolher entre você e os outros para ser feliz, escolha você. Os outros até podem te fazer feliz, mas você precisa se fazer feliz primeiro.”

Resenha 🌷

256 páginas // Juliana Cirqueira // Outro Planeta
Olá leitores, hoje trago a resenha do livro VIVENDO NAS ENTRELINHAS, que eu recebi e li em parceria com a editora Outro Planeta.

Para Heloísa ela tem a vida da forma como sempre sonhou.

É casada com um homem pelo qual é apaixonada, trabalha com o que ama com a vida que muitos desejariam.

Contudo, gradualmente ela percebe que nem tudo está indo tão bem, quanto ela tenta dizer que está.

E quando ela abre um livro que pegou na biblioteca do colégio onde da aula, e encontra nele um papel falando de um clube do livro, ela fica interessada, mas, ao mesmo tempo, com medo se deve ou não participar.

Ao tomar coragem e ir, ela descobrirá mais sobre ela mesmo, do que imaginava e nem sequer sonhava descobrir.

Afinal, por vezes mascaramos sentimentos sem perceber o quão mal eles nos fazem.

🌷Bom, começo falando sobre a beleza dessa capa, que a primeira vista foi o que me chamou atenção.

Por conta dela, eu decidi solicitar o livro sem nem ler a sinopse, e também para conhecer a escrita de uma nova autora.

O livro vai falar sobre descoberta.
A descoberta de uma mulher que percebe que se anula muito em prol de um relacionamento, e que sempre fez isso sem perceber.

A Heloísa foi percebendo lentamente, que a aparente felicidade que ela vivia, não era bem verdade, e que na realidade ela acabou deixando de fazer e ser o que ela sempre foi.

A história é bem rápida e eu li ela em menos de 24 horas, porque fiquei curiosa em como a história iria terminar.

Além disso, temos um clube do livro do qual a protagonista passa a fazer parte, o que gostei bastante, pois, inseriu esse mundo leitor nosso.

Porém, alguns pontos eu acredito que poderiam ser melhores trabalhos como, por exemplo, essa mudança dela.
Eu achei muito abrupta, algo que pareceu forçado, porque foi algo que foi acontecendo sem parar. Na minha visão (portanto, está é minha opinião), ninguém percebe não ser feliz tão rápido assim.

As coisas pareciam ser muito superficiais e acredito que se tivessem sido trabalhadas mais devagar, talvez se tornassem mais críveis.

Certas atitudes até mesmo na parte final, eu pensei que não condiziam com a personalidade da personagem que foi apresentada durante a história.

Mas, o livro não é ruim. Longe disso. Apenas na minha opinião, não foi o que eu esperava encontrar, e talvez por utilizar de experiências pessoais, eu achei aquém do que poderia ter sido.

Contudo, está é somente minha opinião. E cada pessoa tem uma opinião e uma forma de ver / ler uma história, e pode mudar e deve ser respeitada.

Por isso, recomendo que leiam o livro, porque a experiência pode ser totalmente diferente para você, e você pode se surpreender e pensar de forma diferente.

Espero que tenham gostado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s