Resenha: Uma tentação perigosa / Lisa Kleypas

Resenha: Uma tentação perigosa / Lisa Kleypas

💬 “Não são os laços de sangue que unem uma família. É o amor.”

Resenha 🌷

288 páginas // Lisa Kleypas // Editora Arqueiro
Olá leitores, hoje trago a resenha do livro UMA TENTAÇÃO PERIGOSA, sétimo livro da série Os Ravenels, que eu recebi em parceria com a editora Arqueiro, lido pela colaboradora, Juh Pongeluppe.

Lady Merritt Sterling ficou viúva recentemente, e desde então ficou responsável por administrar a empresa de navegação de seu falecido marido.

Por ser filha de uma mãe americana, a sociedade sempre esperou que ela cometesse qualquer deslize para assim flagrá-la em um escândalo.

Quando então, ela conhece o irresistível Keir MacRae, um destilador de uísque escocês com uma beleza de outro mundo, ela sabe que tem sérios riscos de a sociedade conseguir o que quer, afinal, resistir a ele será uma tarefa das mais difíceis possíveis.

Afinal, a atração entre eles é latente e quase irresistível.

Mas, Keir tem maiores problemas com que lidar no momento, já que existem pessoas que querem a todo custo assas’sina-lo.

Conforme o perigo se aproxima, Merritt sabe que precisa fazer de tudo para salvar a vida do homem pelo qual está apaixonada, mas, precisa além de salvá-lo, fazer com que ele se apaixone por ela também.

🌷Se tem uma autora que consegue prender o leitor logo no primeiro capítulo de um livro, essa com certeza é a Lisa Kleypas.

Ela te mantém preso na história, do início ao fim, por conta principalmente da forma como ela constrói seus personagens.

O Keir é um personagem incrível.
Um mocinho doce, apaixonante, e que me fez ficar totalmente apaixonada por ele.
Porque além da beleza que ele possui, o jeito dele é encantador demais.

E a Merritt não fica muito atrás. Ela é linda, forte, destemida e tudo o que ela quer ela consegue.
Só por conta de ser uma mulher, que acaba assumindo os negócios de seu falecido marido, sem medo, já mostra o quão incrível e impressionante ela é.

Então, com personagens são incríveis, fica difícil não afirmar para vocês o quanto eu amei essa história.

Sério, eu me apaixonei pelos personagens, pelas cenas de paixão, pela trama bem escrita de detalhada, e pela escrita envolvente da autora, sendo sempre uma delícia de acompanhar.

O único ponto que eu sinceramente mudaria na história, é o fato deste livro pertencer à série dos Ravenels.
Afinal, a série até então, era focada nos personagens da família Ravenel, e nesta história, a meu ver, ela seria melhor categorizada como um spin-off da outra série da autora “às quatro estações do amor”.

Mas, isso em nada atrapalha o desenvolvimento da história, que me conquistou e que já entrou neste ano como um dos favoritos provavelmente do ano todo em romance de época.

Então, se você é apaixonado pelos livros da autora, acredito que vai se apaixonar por essa história também.

Resenha: O canto mais escuro da floresta / Holly Black

Resenha: O canto mais escuro da floresta / Holly Black

💬 “Uma história repleta de magia e mistérios, que fará com que você se apaixone por este mundo das fadas”.

Resenha 🌷

291 páginas // Holly Black // Editora Galera Record
Olá leitores, hoje trago a resenha do livro O CANTO MAIS ESCURO DA FLORESTA, que eu recebi em parceria com a editora Galera Record, e foi lido pela colaboradora, Juh Pongeluppe.

Hazel e Ben desde pequenos tinham um fascínio por um príncipe com chifres, que descansava em um caixão de vidro na cidade onde moram.

Afinal, eles moram numa cidade onde humanos e fadas convivem harmonicamente, e que por conta da aparente magia inofensiva, acaba por atrair diversos visitantes.

Com o passar dos anos, o fascínio e as histórias que criavam sobre aquela criatura, acabaram diminuindo, já que para Hazel e Ben, ele jamais despertaria.

Até que o inesperado acontece: este príncipe desperta e suas vidas acabam mudando completamente.

🌷Mais um livro da autora que eu termino, e mais uma vez fico surpresa em como a autora mais uma vez me fez adentrar no mundo da fantasia.

Ela tem o poder de descrever as fadas e os cenários com maestria, o que faz com que o leitor consiga se sentir totalmente imerso naquele cenário, e visualizar tudo o que ela descreve, por mais que seja um mundo mágico criado por ela.

E além desse cenário mágico, eu amei demais todos os personagens.
A Hazel e o Ben ganharam o meu coração desde início, e me senti super conectada por eles.

Por ser um livro narrado em terceira pessoa, eu gostei do fato de poder acompanhar visões diferentes do livro, porque podemos acompanhar como todos os personagens sentiam, e dava para perceber e acompanhar as cenas através de outros olhares.

A história é bem desenvolvida, com uma escrita bem fluida, e que me fez matar as saudades desse mundo mágico que eu já havia conhecido em outra série da autora que li, e do qual também sou apaixonada.

Então, se você é apaixonado por fantasia e por mundos mágicos, além de histórias cheias de segredos e com personagens bem apaixonantes, com certeza vai gostar desta história também.

Resenha: Feras e Belas – contos perigosos / Soman Chainani

Resenha: Feras e Belas – contos perigosos / Soman Chainani

💬 “Você pode até pensar que conhece essas histórias, mas está enganado. Na verdade, não sabe nada sobre elas. Se tiver coragem, as histórias estão aqui e agora, só esperando para que as leia como merecem ser lidas!”

Resenha 🌷

240 páginas // Soman Chainani // Editora Gutenberg
Olá leitores, hoje trago a resenha do livro FERAS E BELAS – CONTOS PERIGOSOS, que eu recebi e li em parceria com a editora Gutenberg.

Você já ouviu falar na história da garotinha levada aos lobos como oferenda?

Ou da história de uma garota que por ser a mais bonita do reino, teve que fugir para evitar um destino cruel?

Ou quem sabe conhece aquele garoto que nunca queria crescer?

Nessa livro, vamos conhecer doze novas reapresentações dos clássicos “contos de fadas”.
“Chapeuzinho vermelho”, “Branca de Neve”, “A Bela Adormecida”; “Rapunzel”; “João e Pé de Feijão”; “João e Maria”; “A Bela e a Fera”; “Barba-Azul”; “Cinderela”; “A Pequena Sereia”; “Rumpelstichen” e “Peter Pan”, foram tiveram suas histórias recontadas por este autor, que escreveu outra série de fantasia que eu amei ler.

Eu confesso que me surpreendi demais com esse livro, porque por ser tão fã de todos esses contos clássicos, o autor conseguiu trazer uma nova roupagem para eles, sem perder suas essências, e me deixando totalmente envolvida pelo livro.

E eu nem percebi a hora passar do momento que comecei o primeiro conto até o último.

Claro, que alguns eu gostei mais, como, por exemplo, os contos da “Rapunzel”, “João e Maria” e “Cinderela” que foram com certeza os meus favoritos dentre os doze contos.

Além disso, essa edição está belíssima.
Cheio de gravuras que embelezaram a maioria de suas páginas, fez com que eu ficasse ainda mais imersa durante a leitura.
Inclusive, gostei tanto que resolvi mostrar duas delas, na minha foto, para vocês terem uma ideia de como elas foram bem imersivas.

Portanto, se você é fã destes contos clássicos, é uma ótima oportunidade de conhecer essa releitura pelos olhos deste autor tão incrível, como o Soman Chainani.

Resenha: A princesa seduzida pelo magnata / D. A. Lemoyne

Resenha: A princesa seduzida pelo magnata / D. A. Lemoyne

💬 “… Quem diria que de tutor eu passaria a ser seu dono?
Começo a rir. Sei que ele não falou aquilo a sério. Apesar de ser um controlador, Rodrick não é machista.
— Não se empolgue muito, homem das cavernas. Você é dono do meu amor.
— É o que me basta, mulher.”

Resenha 🌷

407 páginas // D. A. Lemoyne
Olá leitores, hoje trago a resenha do livro A PRINCESA SEDUZIDA PELO MAGNATA, terceiro livro da quadrilogia casamentos de convencionais, que faz parte da série dos oito silenciosos, que li em parceria com a autora, D. A. Lemoyne.

Rodrick Alistair Gastrell MacQuoid, o Duque de Kindubh, é um homem acostumado a viver sozinho.

Casamento, família e tudo o que vem com isto, não está nos seus planos.

Contudo, seu avô foi muito claro em seu testamento: ou ele casa até os trinta e sete anos, ou perderá o direito ao título que está na sua família a gerações.

Ele encontra então a solução perfeita: uma esposa de conveniência, que aceite assumir somente o título ao seu lado, mas não espere nenhum relacionamento amoroso com ele.

Porém, o destino parece ter outros planos para sua vida.

Quando um de seus melhores amigos pede que ele seja tutor de sua irmã caçula, ele não esperava que ela trouxesse tantos problemas assim para sua vida.

Jazmina quer loucamente ser livre.
Mas, ser uma princesa não te dá, a liberdade que sonha.

Quando então seu irmão nomeia como tutor um de seus melhores amigos, ela sabe que está não é uma boa ideia.

Mas, quanto mais passa a conviver com o duque, mais seu coração bate acelerado, e o amor entre eles começa a surgir.

Entretanto, para viver esse amor, ambos terão que aprender muito sobre confiança, amor e companheirismo.

🌷A cada lançamento dessa série dos oito silenciosos, eu fico mais e mais apaixonada por estes mocinhos.

Nesta história, conhecemos um dos mocinhos com uma das maiores cargas dramáticas dentre estes oito amigos, dos quais já conhecemos as histórias de alguns.

Eu confesso que não esperava que o Rodrick tivesse sofrido tanto.
Fiquei com o coração na mão e sofri muito com toda a sua história.

E fiquei impressionada com como a autora conseguiu colocar ao lado de um homem tão intenso e cheio de traumas, uma mocinha que apesar de nova, possui uma força e uma maturidade impressionante.

Claro, que no início a Jazmina se mostra uma jovem um pouco inconsequente, mas a medida que a história vai avançando, vamos percebendo um lado tão maduro é bonito dela.

Eu fiquei extremamente envolvida com a intensidade que este casal transmitiu durante toda a história.

É um livro rápido de ser lido, muito envolvente, e que me deixou totalmente obcecada, tanto que em pouquíssimas horas eu já estava acabando a história, de tão envolvida que fiquei.

Então, não adianta, eu não canso de ser fã da escrita da autora, que mais uma vez me surpreendeu e me fez ficar encantada com as suas histórias.

Mais um livro dessa série que termino, e quanto mais próximo ficamos de seu fim, mais saudades eu sinto que ela vai deixar.

Maravilhoso! Intenso e incrível.

Primeiras Impressões: O filho que eu não conhecia / Jéssica Driely

Primeiras Impressões: O filho que eu não conhecia / Jéssica Driely

💬 “A cada foto tirada comigo ao seu lado é uma batida a mais que ganho em meu coração. Estou muito ferrada e completamente apaixonada. Em tão pouco tempo, ele pegou esse meu órgão que usamos para expressar o amor e desde então não me devolveu mais.”

Primeiras Impressões 🌷

Olá leitores, hoje trago as primeiras impressões do livro O FILHO QUE EU NÃO CONHECIA, que eu estou lendo em parceria com a autora, Jéssica Driely.

Histórias sobre recomeços e amores quase impossíveis são sempre histórias que fazem com que eu me apaixone totalmente.

E nesta história, estou conhecendo uma mocinha que sofreu muito em sua vida, mas que jamais perdeu seu jeito batalhador de ser.

Mesmo com o coração triste, ela tem uma pessoa que ama mais do que tudo em sua vida: seu filho.

E este casal, tem me conquistado desde o início, porque nada mais triste do que quando duas pessoas se amam, e acabam separadas justamente pelo preconceito social e financeiro.

Comecei o livro hoje, e em todos os momentos que tive livre, fiquei presa na história, porque preciso muito saber como um amor como o da Amália e do Oliver vai ser capaz de superar tudo.

O livro lançou hoje e está disponível para os assinantes do Kindle Unlimited, e também para quem quiser adquirir o e-book direto no site da Amazon.

Vou deixar a sinopse abaixo para conhecerem um pouco mais sobre a história.

Sinopse 🌷:
Um amor do passado;
Um filho inesperado;
Um coração quebrado.

Fui conquistado pouco à pouco por aquela menina, quando ainda éramos jovens. Jurei que ficaríamos juntos por toda a vida.

Mas a minha família, sempre muito poderosa, impediu o nosso relacionamento. Eu, um idiota que aceitava tudo o que era proposto, aceitei afastar-me da mulher que amava.

Só não esperava anos depois reencontrá-la e descobrir que tinha um filho, que precisava da minha ajuda rapidamente, pois estava com câncer e talvez podia ser meus últimos momentos com ele.

Então daquela vez, nada poderia me parar, pois, além de conquistar o amor do pequeno garotinho, eu também tomaria o coração de Amélia novamente para mim.

+18

*Pode conter gatilhos.
OBS. Esse livro foi lançado, por mim, em 2019, com o título “Aposta do destino”.