Primeiras impressões: Neve de primavera / Márcia Lima

Primeiras impressões: Neve de primavera / Márcia Lima

Primeiras Impressões 🌷

#primeirasimpressoesmeuromeo

Olá leitores, hoje trago as primeiras impressões do livro NEVE DE PRIMAVERA, que eu li em parceria com a autora, Márcia Lima (@autoramarcialima).

Quem me acompanha, sabe que eu sou uma pessoa que é apaixonada por séries e livros orientais.

Quando a Marcinha me mandou a sinopse e me contou sobre a história, eu claro surtei, porque é um livro totalmente a minha cara.

E só posso dizer que estou A-M-A-N-D-O.

Os personagens são coreanos e até o momento a história se passa entre a Coreia do Sul e o Brasil.

Estou em cerca de 38% e apaixonada na trama como tudo todo, porque o casal principal já tem uma química surprendente.

Estou super ansiosa pra concluir, mas já sinto que vou terminar ele mais apaixonada ainda.

Já leram ou assistiram alguma série oriental?

Vou deixar a sinopse para conhecerem um pouco mais da história e logo trago a resenha.

Sinopse 🌷:

“Por um segundo, resolvi esquecer tudo que me separava de Samanta e cruzar o abismo que existia entre nós.

Talvez os dias limitados que eu tinha com ela fossem, de fato, uma boa sorte. Se o adeus era inevitável, viver o agora parecia mais leve.”

Seo Joon foi criado para ser o presidente de um grande conglomerado. Privado de sua própria essência, aprendeu a manter uma aparência sóbria e distante, menos quando se trata do filho Yoon, a quem cria sozinho desde a morte prematura da esposa.

Competente e determinado, Joon não tem tempo a perder, principalmente quando está às voltas com um caso de corrupção em sua própria empresa.

Samanta Lee não conhecia muito sobre a cultura da qual descendia, além de dramas de televisão e lámen. Sozinha desde a morte dos pais, lutou muito para alcançar o tão sonhado cargo de relações públicas, em uma multinacional coreana.

Alegre e extrovertida, Sam está acostumada a lidar com os desmandos do azar, mantendo sempre os pés no chão e os olhos na realidade. Definitivamente, apaixonar-se não estava nos planos.

Ela só queria manter o emprego, ele não pôde fugir de uma viagem de negócios… Mas, quando o destino conspira a favor, quem pode dizer o contrário?

Do outro lado do mundo, no inverno cinzento de Seul, a primavera florescerá.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s