Resenha: Proibida Para O Cowboy / D. A. Lemoyne

Resenha: Proibida Para O Cowboy / D. A. Lemoyne

💬 “Tenho orgulho de você, linda. De tudo o que passou e de como é forte. Minha menina guerreira. Lutadora, inteligente. Meu amor e meu lar. Nunca poderia ser outra. Nunca haverá outra.”

Resenha 🌷

367 páginas // D. A. Lemoyne
Olá leitores, hoje trago a resenha do livro PROIBIDA PARA O COWBOY, quarto livro da série Alma de Cowboy, que eu li em parceria com a autora, D. A. Lemoyne.

Jaxson Gray é um dos herdeiros da família mais rica e influente do Texas, mas jamais perdeu sua essência de homem da fazenda, mesmo com todo o dinheiro e as empresas que possui.

Quando anos atrás ele resgatou a doce Rebecca, ele sabia que deveria manter distância dela, pois, ela despertava sentimentos nele que ele não gostaria de sentir.

Desde que foi salva pelos Gray, Rebecca soube estar protegida.
Afinal, mesmo dizendo que não se recordava do seu passado ela, na verdade, sabia que precisava fugir e que aquela família era a única que poderia protegê-la.

Quando anos depois a paixão que sente por Jaxson vem a tona, e ela passa a viver momentos de paixão com ele, ela sabe ser errado não compartilhar com ele todo seu passado.

Mas, será que ela está pronta para contar e talvez ter que abdicar e desapontar aqueles que tanto a ajudaram?

Quando o perigo volta a aparecer, só um verdadeiro cowboy, conseguirá salvar Rebecca daqueles que a anos a procuram.

🌷Ai meu Deus do céu, que cowboy é esse?

Que essa série é um primor e que eu amo todos os livros dela série sem exceção vocês também estão cansados de saber.

Mas é impressionante como a cada livro eu me apaixono mais ainda pelos meninos Gray.

Quem já leu os livros anteriores, sabe o quanto os Gray são protetores, apaixonantes, fiéis que encantam a todos, e com o Jaxson não foi diferente.

E o Jaxson, olha… que homem.
Ele é quente, muito quente mesmo, e a química dele com a Rebecca é alucinante.

Esse casal exala uma química intensa, e eles combinam muito, mesmo que o amor deles seja um pouco proibido, já que apesar de a Rebecca ser uma Gray, ela foi adotada pela vovó Mary Grace, portanto, não é irmã e nem possui o sangue dos Gray.

E a Becca guarda vários segredos, e eu adorei como a autora conseguiu trabalhar eles, mostrando como o amor é capaz de perdoar, aceitar e proteger.

Eu senti durante toda a história a força desse casal, e principalmente a força da Rebecca.

Ela poderia ter aproveitado todos os benefícios que a família Gray lhe proporcionavam, mas ela queria mais, e esse jeito dela me encantou.
Ela queria uma profissão, e foi atrás dos seus sonhos, e foi bonito acompanhar essa jornada dela.

Além disso, a presença dos outros membros da família foi importantíssima, e com um destaque maior da vovó Mary Grace, sendo a vovó mais amada por mim, porque ela é simplesmente sensacional e eu adoro muito ela.

As cenas são apaixonantes, a escrita da autora segue sendo fluida, e fazendo todo mundo que lê seus livros se apaixonar por seus personagens, e eu como uma grande fã, sigo amando todos os livros dela.

Então, se você ainda não conhece essa família, você precisa conhecer para ontem, pois, tenho certeza que vai se apaixonar por eles da mesma forma como eu sou apaixonada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s