Resenha: Brilhante – A história de Belle / Júlia Quinn

Resenha: Brilhante – A história de Belle / Júlia Quinn

Você conseguiria deixar todas as diferenças de lado em prol do amor?

Resenha 🌷

320 páginas // Júlia Quinn // Editora Arqueiro
Olá leitores, hoje trago a resenha do livro BRILHANTE – A HISTÓRIA DE BELLE, segundo livro da série Damas Rebeldes, que recebi em parceria com a editora Arqueiro, e foi lido pela colaboradora, Juh Pongeluppe.

Lady Belle está cansada de encontrar pretendentes que não aceitam que ela é uma mulher inteligente e diferente da maioria.

Para conseguir se afastar do ramo casamenteiro, ela parte para o campo em busca de paz e tranquilidade.

Contudo, ela não esperava conhecer um homem que fosse abalar todas as suas estruturas.

Lorde John Blackwood é um ex-capitão do exército e sofreu traumas enormes durante sua passagem pela guerra.
Por conta disso, ele não quer saber de amor, muito menos do desafio que é ficar ao lado de alguém.

Porém, quanto mais tempo passam juntos, John e Belle começam a ter sentimentos mútuos, por mais que tentem negar tudo o que sentem.

🌷Se vocês soubessem como é complicado falar de uma história que decepciona quando é lida, vocês entenderiam o porque demorei tanto tempo para resenhar este livro.

Bom, o livro vai contar a história da Belle, e eu estava super ansiosa com esse livro, porque eu havia adorado a personalidade da Belle na primeira história.

E estou tentando entender o que simplesmente aconteceu, para na história dela, tudo o que eu havia tido de sentimentos bons, ter ido embora.

Eu não consegui me conectar com ela nesse livro, e tive uma dificuldade gigantesca de me envolver com o casal, por conta da personalidade dos personagens.

Enquanto no primeiro livro a Belle é divertida, encantadora e uma mulher emponderada, nessa história ela se tornou para mim uma personagem chata, que aceitava tudo o que o John falava, sem contestar nada, sem reclamar da forma como era tratada, e eu não consegui mais achar aquela personagem que tanto havia me encantado na história.

E o John… bom, ele teve um trauma grande, e eu entendo o quanto isso marcou ele, mas não justifica ele tratar a Belle da forma como ele tratava, e senti uma mudança totalmente repentina nele, que não conseguiu me convencer.

Entretanto, não posso deixar de elogiar a escrita da Júlia, sendo sempre muito fluida, e que você lê rápido, sem perceber o tempo passar, mesmo que neste caso a história não tenha sido positiva para mim.

Mas, essa é somente a minha opinião. Então, recomendo que quando for ler está história, vá de coração aberto, e quem saiba você tenha uma opinião totalmente oposta da minha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s