Resenha: A noiva do bastardo / Sarah MacLean

Resenha: A noiva do bastardo / Sarah MacLean

💬 “Naquela noite, no seu quarto, eu brinquei sobre resgatar a princesa da torre…
— E você fez isso — ela o interrompeu.
Ele negou com a cabeça.
— Não, amor. Você me resgatou.”

Resenha 🌷

Olá leitores, hoje trago a resenha do livro A NOIVA DO BASTARDO, primeiro livro da série Bastardos Impiedosos, publicado pela editora Gutenberg.

Felicity Faircloth já teve sua cota de desastres amorosos por toda uma vida.

Após perder aqueles que acreditava serem seus amigos, ela sabe que seu futuro é o de ser uma solteirona.

Até que durante uma noite, seu caminho cruza com o misterioso Devil.

E ele tem uma proposta para lhe fazer: fará que um duque que estava fora há muito tempo de Londres aceite se casar com ela.

Desesperada para ter o prestígio e seus amigos de volta, além de um marido desejado por muitas as moças da sociedade, ela aceita fazer parte de seu plano.

Porém, o que ela não sabe, é que Devil tem um motivo muito forte para fazer com que ela conquiste o duque: um desejo enorme de vingança.

O que ambos não contavam, era que um desejo entre ambos fossem surgir, fazendo com que questionem qual realmente é o desejo de seus corações.

Ele é um bastardo impiedoso. Ela é uma lady que quer voltar a ter seus dias de glória na sociedade.
Duas pessoas opostas, mas que aprenderam muito mais sobre o amor do que imaginam.

🌷Eu amei esse livro.

Fazia um tempo que eu não lia nenhuma história da autora, do qual eu sou uma grande fã.
Porém, com a falta de tempo, acabei deixando essa história para ler em outro momento, mas, desde que o segundo livro foi lançado, eu fiquei com um desejo gigantesco de ler essa história.

E o que aconteceu? Logo nas primeiras páginas eu me vi completamente viciada por este casal.

Confesso que eu tenho uma quedinha por bastardos em romances de época, por toda a estigma que eles carregavam.

E juntando a isso, a história tem um mocinho querendo vingança, e eu sou doida por livros com este tema.

E eu fui me apaixonando pelo Devil. Me apaixonando por sua história sofrida, me encantando por seu jeito de ser e de tratar a Felicity.

Afinal, ela foi uma mulher renegada por parte da sociedade, e entende como ninguém, o que é ser quase invisível.

Eu adorei a presença de espírito dela, e a autora conseguiu colocar as interações do casal super contundentes, e tratou de temas bonitos e apaixonantes.

Me vi totalmente presa por este casal, e não conseguia pensar em outra coisa até terminar esse livro.

Foi uma grata surpresa, e confesso que eu não esperava amar tanto esse livro como eu amei.

Me encantei pelos personagens, chorei por eles, me apaixonei com eles, e terminei o livro com aquele quentinho no coração, que um bom romance de época é capaz de deixar no coração.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s