Resenha: Você ligou para o Sam // Dustin Thao

Resenha: Você ligou para o Sam // Dustin Thao

💬 “— Julie…
Gotas de chuva tamborilam na minha orelha. Fico ciente do som do meu próprio coração batendo contra à terra. Viro um pouco o rosto em direção ao céu e continuo ouvindo.
— … Você está aí?
Essa voz. Leve e áspera como o murmúrio do oceano numa concha. Eu a conheço. Já a ouvi mil vezes antes, a ponto de se tornar tão familiar quanto a minha. Essa voz.
Mas não pode ser.
Sam…”

Resenha 🌷

332 páginas // Dustin Thao // Editora Alt
Olá leitores, hoje trago a resenha do livro VOCÊ LIGOU PARA O SAM, que eu recebi e li em parceria com a editora Alt.

Foi com o dia a dia que o Sam conquistou totalmente o coração da sensível Julie Clarke.

E o amor dos dois, pareceria que ultrapassaria os anos de colégio e seguiria firme e forte para todo o sempre.

Contudo, Sam acaba morrendo em um acidente de carro, e tudo parece ter perdido o sentido na vida de Julie.

Triste, desanimada e totalmente devastada pela dor, tudo a seu redor parece lembrar Sam.

Para conseguir sobreviver a tanta dor, ela toma uma decisão drástica: se livrar de tudo o que lembre dele.

Tudo o que ela queria era ouvir novamente a voz dele, nem que fosse por apenas um minuto.

Tomada pela dor, ela resolve ligar para seu celular, sem imaginar que a ligação completaria e alguém atenderia.

E este alguém é o próprio Sam.

Sem entender o que está acontecendo, ela percebe que por mais que saiba que algo não faz sentido, ela não consegue abandoná-lo.

Afinal, perder essa conexão com ele seria como perdê-lo novamente.

O problema é que ela sabe que essa conexão será temporária, mas como deixá-lo ir?

🌷Uma história que fala sobre a dor de perder alguém.

Eu sempre me pego pensando, o que eu faria se pudesse falar com alguém que já perdi uma última vez, sabendo que tudo aquilo já aconteceu?

Aqui, temos uma mocinha tomada pelo luto, que não consegue simplesmente encarar ele.

E o que mais aprendi com a Julie, é que cada pessoa sente o luto de uma forma. Sejamos sinceros, não existe uma forma certa de você passar pelo momento após perder alguém.

Existem aqueles que choram e aqueles que guardam toda a dor para si mesmos.

E a Julie tenta recomeçar, mas sem saber como.

Então, quando aquela ligação completa, e ela consegue falar com o homem que tanto amou, fica ainda mais difícil dizer adeus.

Eu em alguns momentos julguei as atitudes da Julie, mas em alguns deles me coloquei em seu lugar também. E acredito que a melhor forma de você entendê-la é se colocando 100% no lugar dela. Esquecer suas percepções de vida e adentrar de corpo e alma na história.

Eu me emocionei no final, por sentir o quanto ela cresceu, e o quanto o Sam fez eu me apaixonar por ele, da mesma forma como a Julie se apaixonou também.

Não tente entender o que não existe explicação. Apenas aprecie a história e perceba o crescimento dos personagens e entenda o quanto o luto pode mexer diferentemente com cada pessoa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s