Resenha: O herdeiro do Cowboy / D. A. Lemoyne

Resenha: O herdeiro do Cowboy / D. A. Lemoyne

💬 “Consequências. Já ouviu falar delas? — Tudo na vida tem consequências, Dominika. Tanto as coisas boas quanto as ruins que nos acontecem. Mas também tem o prazer, se nos permitirmos experimentar.”

Resenha 🌷

414 páginas // D. A. Lemoyne
Olá leitores, hoje trago a resenha do livro O HERDEIRO DO COWBOY, terceiro livro da série Alma de Cowboy, que eu li em parceria com a autora, D. A. Lemoyne.

Reed sempre foi um homem do campo, e jamais pensou em abdicar disso. Vivendo em sua fazenda criando cavalos puro-sangue, ele cresceu sabendo que deve honrar sempre seus compromissos.

E por conta disso, ele se manteve em um relacionamento sem amor, mas que chegou a todos os limites de sua paciência.

Contudo, desde que olhou “a menina dos olhos mais lindos”, ele jamais a esqueceu.

Quando a mulher de seus sonhos surge de repente, ele sabe que não pode perder a oportunidade de conhecê-la melhor, mas para isso, ele precisará convencê-la de que é digno de sua confiança.

Dominika tem um passado obscuro, e por trás da fachada de mulher imponente, esconde um coração machucado, e que não sabe se pode confiar novamente nas pessoas.

Será que Reed será o homem adequado para mostrar a ela que pela pessoa certa vale a pena abrir as portas de seu coração?

🌷Como não amar o Reed?
Desde que ele apareceu no primeiro livro, eu vislumbrei ali o caráter dele.
Um homem honrado, comprometido, e estava preso num relacionamento sem amor, por ser uma pessoa com um coração grande demais.

E nessa história, vamos conhecer ainda mais dessa personalidade apaixonante dele.

Ele é com certeza um dos mocinhos que a autora escreveu até hoje que eu mais amei.
Ele está ali no meu top 5 do coração, porque ele além de apaixonante, é um homem intenso e, ao mesmo tempo, carinhoso.

E a Dominika é uma personagem que despertou a minha curiosidade desde o momento que conheci ela na série.
Uma mulher forte, seria, e com pose de dona do mundo, mas que escondia um passado traumático, e quando a autora descreveu, me fez entender o porque ela ser daquela forma.

Eu simplesmente amei estes dois juntos. A história é intensa, cheia de cenas apaixonantes, um casal com uma química avassaladora, e conquista o leitor logo no início.

Eu não via a hora desses dois se jogares de cabeça nessa relação, e foi algo muito bonito de se ver.

Além disso, na história conseguimos matar um pouco das saudades dos outros personagens, que a cada vez que apareciam, me conquistavam mais ainda.

Eu simplesmente amo a amizade da Dominika com o Hudson. A amizade deles é linda demais de se ver e acompanhar.

A trama tem várias reviravoltas, é um vilão digno de muito ranço, mas recheada de amor, família, amizade e casal de tomar todo o seu coração.

Agora, ansiosa para o próximo livro, que tem tudo para me conquistar também.