Primeiras Impressões: Uma vingança perfeita / Gisa Sr

Primeiras Impressões: Uma vingança perfeita / Gisa Sr

✨ “Eu te odei0 tanto que é como se estivesse segurando meu coração com suas mãos. Você foi tudo de pior que já me aconteceu, Arthur.”

Primeiras Impressões ✨

Olá, leitores. Hoje trago as primeiras impressões do livro UMA VINGANÇA PERFEITA: O JUIZ E A EX-PRESIDIÁRI4, quarto livro da série amores reconstruídos, que eu estou lendo em parceria com a autora, Gisa SR.

Desde que eu li a premissa do livro, eu fiquei super ansiosa pela leitura. E hoje assim que o livro lançou, eu corri, baixei e comecei a ler.

Agora cá estou eu obcecada pela história da Morena e do Arthur.

Até porque, quem me conhece, sabe o quanto eu amo histórias com vingança e com um casal que ficou separado por “N” circunstâncias, mas que acaba não resistindo a química avassaladora que os domina totalmente.

E olha, que química! Eu estou mesmo apaixonada pela história e amando cada página que leio da história. Ansiosíssima para saber como o livro irá terminar e tudo o que o casal vai passar para ter seu final feliz.

O livro lançou hoje e está disponível para os assinantes do Kindle Unlimited e também para quem quiser adquirir o e-book direto no site da Amazon.

Vou deixar a sinopse abaixo para conhecerem um pouco mais sobre a história.

Sinopse ✨:
Arthur Ribeiro pode até ser lindo, gostoso e um juiz reconhecido, mas também é um egocêntrico de marca maior.

É claro que Morena se apaixonou por ele. Só que isso foi há anos, antes de seu mundo perfeito explodir e ela ser presa pelo assassinato da mãe. Naquela época, tudo deu errado: condenada, abandonada pelo amor de sua vida e, ainda por cima, grávida do homem que mais odeia no mundo, o culpado por todas as desgraças da sua vida.

Fora onze anos presa, até se ver livre daquele inferno. Agora, tudo o que ela quer é recuperar seu filho e reorganizar sua vida. Além, de se vingar daqueles que a colocaram atrás das grades e destruíram seus sonhos. De Arthur, Morena quer distância. Enquanto ele também não quer se aproximar daquela mulher que o traiu. Porém, o reencontro acontece e é impossível ignorar os sentimentos que ainda existem. A paixão. A saudade.

Entre ódio e amor, há uma linha tênue. Mas o rancor de Morena e o ódio de Arthur talvez sejam obstáculos grandes demais para reaproximar aquilo que o destino separou.

Uma Vingança Perfeita é o quarto e último livro da série Amores Reconstruídos, com volumes independentes que narram lindas, mas não menos emocionantes, histórias de amor, todas ligadas pelo laço sanguíneo.

Para maiores de 18 anos!

Resenha: Title / Holly Black

Resenha: Title / Holly Black

✨”O Reino das Fadas cordialmente convida você a
retornar ao universo dos seres encantados.”

Resenha ✨

216 páginas // Holly Black // Galera Record
Olá, leitores. Hoje trago a resenha do livro TITLE, primeiro livro da série conto de fadas moderno, que eu recebi e li em parceria com a editora Galera Record.

Kaye está na pior fase da adolescência, e não ajuda em nada o fato de sua mãe sempre precisar se mudar por conta de suas atitudes inconsequentes.

Contudo, agora elas partem de volta para a casa da avó de Kaye, um lugar que remete a lembranças de seres mágicos.

Mas duas semanas se passam e nada de aparições de fadas. Será que foram apenas frutos de sua imaginação? Será que passou da idade e não é mais divertida para
eles?

Porém, um encontro na floresta mudará totalmente o seu conceito sobre o mundo das fadas, e ela vai perceber que aquele mundo é muito mais complicado do que imaginava.

✨Eu conheci a escrita da autora pela série do povo do ar, e quem me segue sabe o quanto eu me apaixonei totalmente por ela.

E quando vi que a editora iria publicar essa série aqui, eu fiquei super empolgada, pois, retornaria para aquele mundo mágico que eu tanto amei.

Primeiramente quero falar sobre a edição. A beleza com que ele foi produzida é impressionante. É um livro com uma estética muito bonita, recheado de gravuras que exemplificam bem a história.

Contudo, a história infelizmente não me cativou.
Eu não consegui criar uma conexão com a Kaye, e talvez isso tenha ocorrido por conta de ser uma fantasia mais juvenil, e as divagações dela durante a história tenham me causado certa estranheza e exagero rs.

Em contrapartida, eu gostei bastante do mocinho dessa história. Eu achei ele sarcástico, e apesar da fachada de mocinho mal, eu adorei ele. Ele deixou a história um pouco melhor, e me motivou a querer ler a continuação.

Porém, não consegui shippar o casal. Por eu gostar tanto da personalidade dele e não ter gostado da dela, não consegui ver nenhuma química entre os dois.

Contudo, não posso dizer que não seja uma história fluida. O livro é rápido de ler, e a história corre muito bem e tem um final bem eletrizante, sendo naturalmente uma característica dos livros da autora.

Portanto, mesmo não tendo superado minhas expectativas, quero continuar a trilogia, para saber tudo o que pode acontecer.

Primeiras Impressões: A garota inocente do bad boy / D. A. Lemoyne

Primeiras Impressões: A garota inocente do bad boy / D. A. Lemoyne

✨ “Como se adivinhasse o que estou pensando, um canto de sua boca se ergue e eu fico vermelha, mas nem assim consigo parar de olhar.

– Você me encara como se estivesse morrendo de fome – ele diz e não tenho como negar aquilo.”

Primeiras Impressões

Olá, leitores. Hoje trago as primeiras impressões do livro A GAROTA INOCENTE DO BAD BOY, primeiro livro da série brutos sedutores, que eu estou lendo em parceria com a autora, D. A. Lemoyne.

Um homem que exala testosterona? Com certeza temos aqui.

Eu sou suspeita, porque eu tenho um desejo secreto e uma enorme curiosidade em relação a mocinhos lutadores, e o Knight, ou mais conhecido como The Irish Demon, é um mocinho daqueles com aparência de arrogante, mas que na realidade são protetores e intensos ao extremo.

Junte a isso, uma mocinha jovem, inocente e que não quer ser apenas mais uma na vida dele. Claro, que ele não resiste, não é? Até porque, nada mais estimulante do que uma receber um não para quem está acostumado a apenas receber sim.

Um romance de mentirinha se inicia, mas um desejo de milhões os mantém totalmente presos mutualmente.

E claro, que uma leitora totalmente viciada na história deles, não é? Já estou aqui na metade do livro e com grandes chances de terminá-lo ainda hoje.

O livro está disponível no Kindle Unlimited e também para quem quiser adquirir o e-book direto no site da Amazon.

Vou deixar a sinopse abaixo para conhecerem um pouco mais sobre a história.

Sinopse ✨:
Knight McGrath, conhecido como The Irish Demon, tem um problema.

O campeão dos meio-pesados do WWC está prestes a fechar um contrato milionário, mas para isso, precisa manter-se longe de brigas fora do ringue e permanecer com a mesma mulher por alguns meses.

Quando seu agente lhe sugere um namoro fake com uma famosa YouTuber, mesmo contrariado, Knight concorda, mas o que ele não sabia é que o destino colocaria em seu caminho uma jovem inocente.

Dakota, uma garçonete de dezoito anos, não tem lar.

Acolhida por uma mãe solo e suas duas filhas, a garota ingênua tenta reconstruir a vida longe da comunidade onde foi criada, até o dia em que cruza com um homem rico, famoso e que a deixa sem fôlego.

Ela sabe que deve ficar longe do irlandês mulherengo, mas quando um incidente vira seu mundo de cabeça para baixo, não tem escolha a não ser buscar proteção nos braços do bad boy.

Aviso: A Garota Inocente do Bad Boy, livro 1 da Série Brutos Sedutores, é um volume único. Por ser com casais diferentes, cada livro da saga pode ser lido separadamente.

Resenha: Rosas de Maio / Dot Hutchison

Resenha: Rosas de Maio / Dot Hutchison

✨ “Meu nome é Prya Sravasti, e eu não sou vítima de ninguém.”

Resenha ✨

300 páginas // Dot Hutchison // Editora Planeta

Olá, leitores. Hoje trago a resenha do livro ROSAS DE MAIO, sequência do livro o jardim das borboletas, que eu recebi e li em parceria com a editora Planeta dos Livros Brasil.

Após os eventos da descoberta do “Jardim” e de tudo o que foi feito para as garotas borboletas, tudo parece ir no sentido da calmaria. Pelo menos para aquelas meninas.

Contudo, para os agentes Brandon Eddison, Victor Hanoverian e Mercedes Ramirez, no entanto, a calma não parece valer: em outra parte dos Estados Unidos, mais uma jovem surge brutalmente assassinada.

Os indícios apontam para a ação de mais um serial-killer psicopata, capaz não apenas de matar a sangue-frio, mas também de elaborar a cena a ser descoberta: a jovem é descoberta no altar de uma velha igreja, com a garganta cortada e o corpo rodeado de flores.

Os crimes vêm acontecendo a anos, e agora o mês de maio se aproxima. A pergunta é: quem será a nova vítima?

E será que os agentes vão conseguir uma nova garota de ser brutalmente assassinada?

✨Ter expectativas sobre uma história pode ser algo bom, como pode ser algo que põe tudo a perder.

E quando eu li o livro “o jardim das borboletas” da mesma autora, eu fiquei tão impactada com a história, que quando eu vi existir uma “sequência” eu me interessei muito na leitura.

Contudo, acabei me frustrando um pouco.

Não que o livro seja ruim, pois, ele não é. Mas, eu esperava uma história eletrizante e fluida como foi o primeiro livro.

Nesta história, as “borboletas” aparecem, mas elas não são o foco.

Aqui o foco é a personagem Prya, que perdeu sua irmã a algum tempo, onde, ela foi brutalmente assassinada por um serial-killer, que até o momento não foi identificado.

Para superarem tudo, e ainda mais porque o caso acabou tendo muita cobertura da mídia, ela e sua mãe acabam se mudando em busca de novos ares.

O problema é que com a proximidade do mês de maio (mês em que o assassino acaba cometendo seus crimes), a Prya começa a receber flores, o que se assemelha aos casos do serial-killer.

A premissa é ótima, né? Mas acho que o problema foi a execução. Ela é lenta, alguns pensamentos dos personagens acabam não tendo sentido nenhum e achei eles até desnecessários.

E o pior de tudo é que eu desvendei o criminoso no exato momento em que ele apareceu. E quando tive a certeza, percebi o quanto foi previsível e que só a personagem não conseguia enxergar.

O final foi o oposto do livro todo: acelerado e faltou detalhes que eu particularmente gostaria de ler. Parecia que ela havia cortado essas cenas e senti falta delas.

Enfim, como falei, não é um livro ruim, mas se comparado ao primeiro, deixa a desejar.

Ainda assim quero ler o terceiro e espero que ele seja tão bom quanto foi o primeiro.

Resenha: Ponte do medo / Taylor Adams

Resenha: Ponte do medo / Taylor Adams

✨ “Seja qual for o preço por essa busca, eu pagarei.
(…)
O que aconteceu com você, Cambry?”

Resenha ✨

256 páginas // Taylor Adams // Faro Editorial
Olá, leitores. Hoje trago a resenha do livro PONTE DO MEDO, que eu recebi e li em parceria com a Faro Editorial.

Desde a m0rte de sua irmã gêmea, Lena percebe que precisa de mais respostas, e que não acredita na versão oficial da políci4.

Afinal, o que faria Cambry dirigir até uma ponte remota e saltar de uma altura de mais de 60 metros?

Determina a descobrir, Lena pega o carro da irmã e parte em busca de respostas, mas principalmente para entrevistar o polici4l que atendeu ao chamado naquela noite.

Registros de ligações da irmã, mais mensagens reveladores mostram a ela que aquele caso é infinitamente mais complexo do que pode imaginar.

Ela só não contava, que a medida que fosse descobrindo mais sobre aquela noite, ela colocaria sua vida em perig0, e que teria que lutar pela sua própria sobrevivênci4.

✨Quando comecei o livro, confesso que achei a história um pouco morna, mas nada me preparou para a guinada que a trama vai dando no decorrer da narrativa.

O livro se torna eletrizante. Fica difícil você querer parar de ler, porque quanto mais você adentra não história, e certos mistérios acabam sendo revelados, mais fica difícil você querer parar de ler.

O nome do livro poderia ser “reviravoltas”, porque vocês não tem ideia da quantidade de reviravoltas que a trama dá. Quando eu achava que já sabia de tudo, e que estava caminhando bem, eis que a autora ia e me surpreendida com uma nova informação ou acontecimento que me surpreendida e me deixava ainda mais curiosa sobre a trama iria terminar.

Eu fiquei o tempo todo imaginando como a história seria caso fosse adaptada para um filme. Porque eu ficava pensando “socorro, imagine isso como um filme, como seria muito eletrizante”.

Além disso, eu ficava pensando em como a Lena era corajosa, porque eu dificilmente faria o que ela fez. Mas, talvez passando pela mesma situação, eu também poderia querer respostas mais concretas.

Portando, se você quer um livro rápido de ser lido, recheado de reviravoltas, momentos de tensão e adrenalina, precisa urgentemente conhecer essa história, pois, ela será totalmente indicada para você.