Resenha: Como o rei de Elfhame aprendeu a odiar histórias / Holly Black

Resenha: Como o rei de Elfhame aprendeu a odiar histórias / Holly Black

Resenha 🌷

Olá leitores, hoje trago a resenha do livro COMO O REI DE ELFHAME APRENDEU A ODIAR HISTÓRIAS, que eu recebi e li em parceria com a editora Galera Record.

Era uma vez, em uma terra mágica e distante, um garoto com uma língua perversa.

Antes de se tornar um príncipe cruel ou um rei perverso, Cardan era uma criança fada conhecida por ter um coração de pedra.

Em Como o Rei de Elfhame aprendeu a odiar histórias, a autora best-seller #1 do New York Times Holly Black revela um olhar mais profundo sobre a vida do enigmático Grande Rei de Elfhame.

No Reino das Fadas, um príncipe jovem, perigosamente bonito e, acima de tudo, cruel conhece Jude, uma humana criada em Elfhame.

Uma trilogia inteira é dedicada a contar a história de sua perspectiva, mas, agora, Cardan está no centro das atenções.

Esta história inclui maravilhosos e precisos detalhes da vida do Grande Rei antes dos acontecimentos de O príncipe cruel, uma aventura que ultrapassa as fronteiras de A rainha do nada e, ainda, momentos fundamentais vistos anteriormente pela perspectiva de Jude, narrados na íntegra pelo ponto de vista de Cardan.

Este novo livro é um retorno ao universo dos romances épicos, acelerados, perigosos e carregados de drama que conquistaram leitores por todo o mundo.

🌷Cardan meu coração é todinho seu.
Que eu já sou apaixonada pelo Cardan, muitas pessoas já sabem, até porque nas minhas resenhas sobre essa série, eu sempre citei ele como sendo um personagem que evoluiu muito durante as histórias.

E neste livro ilustrado, vamos entender mais sobre o porque ele ter sido daquele jeito, e o que fez aquele menino que ainda novo, só queria ser aceito e amado.

Pude me envolver mais ainda por ele, além de ver ele depois de adulto, em como ele sofreu diversas vezes, e como ele foi melhorando e o quanto o amor mudou ele.

Além de ser um livro delicioso de ler, as ilustrações estão primorosas.
O ilustrador brilhou muito na hora de retratar esse personagem de mil faces, e que conseguiu me deixar com um sentimento de proximidade ainda maior.

Fiquei o livro todo olhando encantada por cada uma das páginas, e consegui me apegar ainda mais na história.

Portanto, se você é fã da trilogia também, e se encantou por este personagem de mil faces, precisa ler esse livro, para conhecer mais ainda sobre esse menino que ainda novo aprendeu a odiar histórias.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s