Resenha: A espiã da realeza / Rhys Bowen

Resenha: A espiã da realeza / Rhys Bowen

💬 “– Vou ligar para Heslop para acompanhá-la até a porta. Até segunda, então. E não se esqueça: você será meus olhos e ouvidos. Conto com você para ser minha espiã.”

Resenha 🌷

272 páginas // Rhys Bowen // Editora Arqueiro
Olá leitores, hoje trago a resenha do livro A ESPIÃ DA REALEZA, primeiro livro da série espiã da realeza, que eu recebi e li em parceria com a editora Arqueiro.

Lady Victoria Georgiana pode ser uma das pessoas da linha de sucessão ao trono inglês. Bom, vamos ser realistas, ela é apenas a 34.º na linha de sucessão, e sabe que alcançar o feito de chegar ao trono é praticamente impossível.

E tudo pode ser pior, afinal, ela está totalmente falida.

Suas únicas opções são um casamento arranjado com um homem que não quer, ou virar acompanhante de uma tia idosa.

Sem querer ambos os futuros, ela parte sozinha para Londres, para quem sabe assim, encontrar um futuro ou uma opção melhor.

Porém, vossa majestade a incube de uma função: que ela espione seu filho — o príncipe — que está mantendo um caso com uma mulher não adequada.

Enquanto tenta espionar, ela terá que arrumar uma forma de se manter, além de lidar com um novo e enorme problema: o de encontrar um homem mor*to em sua banheira.

Agora ela terá que por todos os seus dotes investigados em ação, para descobrir o que ocorreu, bem como uma forma de se manter.

🌷Eu adorei essa capa, e quando vi que essa coleção iria focar mais no mistério em si, e sem necessariamente trazer cenas mais pesadas, como sangue, mor*tes cruéis, etc., eu soube precisar ler.

Na história vamos acompanhar uma Lady totalmente falida, e tenta de todas as formas encontrar uma maneira de se manter.

Eu particularmente fiquei bem envolvida com a narrativa da autora que é ágil e rápida.

Acredito que por ser um primeiro livro da série, ela focou mais em nos apresentar a personagem principal, do que no mistério.

Mais da metade do livro fica focado na vida pessoal da Georgie, e em como ela tenta se manter já que está falida, seu irmão e cunhada não se empenham muito em querer ajudá-la.

Por conta disso, eu pensei que o mistério acabou ficando de escanteio até está primeira metade da história.

Confesso que eu pensei que o foco seria ela sendo uma mulher que investigaria diversos cri*mês para a rainha, o que não foi o que ocorreu.

A investigação que a rainha lhe repassou se tornou um tanto quanto banal, perto do ocorrido na casa da Georgie.

Quando ocorre esse cri*me é que a história aí sim, começa a ter foco na investigação.

Confesso que demorei um pouco a descobrir o culpado, apesar de ter conseguido descobrir antes que ele fosse revelado, mas que mesmo assim, achei a explicação contundente com a história.

Apesar de ter me decepcionado um pouco com o início e o que eu criei de expectativa, não achei uma história ruim.

Para quem não está habituado ao gênero investigativo, e quer começar a ler livros deste tema, é uma ótima história para se iniciar.

Estou agora curiosa com o que os próximos livros da série iram nos trazer.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s