Resenha: Uma última dança, milady? / Megan Maxwell

Resenha: Uma última dança, milady? / Megan Maxwell

✨ “Para os desejos do coração não há limite: nem o tempo.”

Resenha ✨

416 páginas // Megan Maxwell
Olá leitores, hoje trago a resenha do livro UMA ÚLTIMA DANÇA, MILADY?, que eu recebi em parceria com a editora Clube Essência, e foi lido pela colaboradora, Juh Pongeluppe.

Celeste é a típica mulher moderna. Ela vive intensamente, adora frequentar baladas, postar muito nas redes sociais, se relacionar com vários homens sem compromisso…, ou seja, aproveitar ao máximo os avanços do século XXI. Com sua melhor amiga, Kimberly, ela desbrava a cidade de Madri em busca de diversão como se não houvesse amanhã.

Quando Kimberly volta para Londres, Celeste decide ir junto, em busca de novas aventuras. Porém, quando ela se instala na mansão secular de sua amiga, ela não imagina que encontrará um segredo que pode virar sua vida de cabeça para baixo. De repente, Celeste e Kimberly embarcam em uma viagem no tempo que as transporta para a Londres da época da Regência. Lá, as amigas terão que se adaptar a uma realidade completamente distinta: passarão a viver cercadas de bailes luxuosos, regras de etiqueta e costumes antiquados… Tudo isso garantindo que seus disfarces nunca sejam descobertos.

Mas o que Celeste não esperava era se encantar por um autêntico duque, um homem misterioso, dono de um sorriso deslumbrante e um olhar inesquecível. Será que ela vai conseguir resistir ao que seu coração deseja?

✨Quem não gosta de uma história com viagem no tempo? Bom, eu adoro.

E quando li a sinopse da história, fiquei bem curiosa sobre como a autora iria desenvolver uma mocinha que viveu no século XXI, com todas as tecnologias e avanços na forma de pensar e agir que ocorreram ao longo dos anos, ser transportada para o século XVIII e conseguir se adequar à época.

Bom, a autora conseguiu fazer uma história divertida, em especial as cenas das personagens Celeste e Kim estão juntas.

Porém, apesar de ter gostado dos livros, alguns pontos acabaram me incomodando.

Não é a primeira vez que tenho problemas com as mocinhas da autora. Eu acho que a idade e o jeito de ser acabam não sendo condizentes. A Celeste em alguns momentos teve atitudes imaturas e que eu entendo que a cabeça dela por ter vivido no século XXI difere, mas certos momentos eu achei ela com atitudes excessivas.

Além disso, o início do livro foi um pouco lento. Até acontecer a viagem no tempo, o livro acabou demorando um pouquinho para engrenar, mas depois deste primeiro momento ele engrenou e acabou ficando divertido.

O casal tem uma química interessante e apesar de ter um final feliz, eu confesso esperar algo diferente. Não atrapalhou a leitura, no entanto, mas talvez eu tenha criado uma expectativa maior do que verdadeiramente foi.

Mas, apesar do que citei acima, é uma história que pode ter um significado diferente para cada leitor. Portanto, recomendo que leia e tire suas próprias conclusões sobre a história.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s