Resenha: A traição do duque / Sarah MacLean

Resenha: A traição do duque / Sarah MacLean

✨ “Só quero que você seja minha
Grace. – Ele a beijou novamente. – Sempre foi você. Todos os dias. Todas as noites. Cada minuto. Desde o começo, este é o suprassumo de todas as minhas ambições: merecer você. Seu amor. Seu mundo. Ficar ao seu lado e transformá-lo.”

Resenha ✨

352 páginas //
Olá, leitores. Hoje trago a resenha do livro A TRAIÇÃO DO DUQUE, terceiro da trilogia Bastardos Impiedos0s, que eu recebi e li em parceria com a editora Gutenberg.

Grace Condry passou a vida fugindo do passado. Ainda jovem, foi traída por Ewan, seu único amor, e forçada a crescer nas ruas. O tempo passou e ela se tornou a rainha do submundo de Londres. Grace é perspicaz, destemida e nunca enfrentou um inimigo que não conseguisse vencer… até que o homem que um dia amou decide retornar.

Perseverante e implacável, Ewan, agora Duque de Marwick, passou uma década à procura da mulher que perdera, mas que nunca deixou de amar. Agora que finalmente encontrou Grace, ele fará de tudo para reconquistá-la e torná-la sua duquesa.

Mas reconciliar-se com Ewan é a última coisa que Grace deseja. Incapaz de esquecer o passado, ela promete vingança, o que implica mantê-lo por perto. Em pouco tempo, porém, Ewan revela ser totalmente diferente do que Grace imaginou: alguém a quem não se pode resistir, mesmo que se entregar ameace o mundo que ela construiu, a vida que reivindicou… e o coração que jurou que Ewan nunca mais roubaria.

✨Todo terceiro livro das séries da Sarah MacLean eu começo já imaginando que ele será o mais dramático e o que acabara mais me emocionando.

E bom, ao longo dos três livros anteriores, eu já meio que sabia o que havia acontecido com este casal.

Mas, confesso que não estava preparada para o tanto que eu gostaria desta história.

Eles são um casal marcado pelo passado e a Sarah MacLean sabe trabalhar como ninguém esses passados mal resolvidos.

Apesar de já conhecer a história deles por intermédio dos outros personagens, aqui você adentra a fundo no coração e nos pensamentos dos personagens.

E como eu entendi eles. Eu me coloquei muito no lugar da Grace e imaginei o tanto que ela sofreu para se transformar na grande mulher e Rainha da Covent Garden. Uma mulher respeitada e amada por todos, mas que não conseguiu esquecer a traição do único homem que amou. E quando falo traição, não pensem que foi relacionado a outra pessoa, mas sim, as promessas quebradas.

O Ewan, é aquele marcado pelo passado e que só queria voltar no tempo e recuperar a mulher que jamais esqueceu.

Me julguem, mas eu amo segundas chances e redenção. E está história tem isso de sobra.

Eu amei as interações, amei o como eles foram interagindo e a maneira como o Ewan mostrou ser digno no amor da Grace.

Eles me conquistaram imensamente e conseguiram arrancar lágrimas dos meus olhos do tanto que me cativaram e me conquistaram.

O final foi digno do que eu esperava. Bonito, avassalador, intenso e de um amor que foi capaz de permanecer mesmo com as mágoas e com o passar do tempo.

2 comentários sobre “Resenha: A traição do duque / Sarah MacLean

    1. Olá, Isabella! A classificação é 18 anos. Recomendo que ao ler ele, leia os dois livros anteriores. O primeiro é a noiva do bastardo e o segundo a dama e o monstro. São todos ótimos!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s