Resenha: O coração do príncipe / Lily Freitas

Resenha: O coração do príncipe / Lily Freitas

💬 “— A vida é uma caixinha de surpresas mesmo. — Ela quebra o silêncio. — Um dia você não sente vontade de viver, no outro tudo o que deseja é aproveitar cada segundo que tiver. — Com certa dificuldade ela ajeita o corpo e encara meus olhos. — Hoje eu acordo ansiosa para te ver, ouvir sua voz e programar cada detalhe do nosso dia. — Não digo nada, porque sempre que ela mostra o quanto é feliz comigo, eu me sinto um me’rda de homem sortudo. — Sou tão grata por você lutar por mim. — Sua mão vai para meu rosto. — Se não fosse você eu não estaria aqui.”

Resenha 🌷

586 páginas // Lily Freitas
Olá leitores, hoje trago a resenha do livro O CORAÇÃO DO PRÍNCIPE, quarto livro da série homens dominantes que eu li em parceria com a autora, Lily Freitas.

Thomas Cassel, príncipe de Vichi, aprendeu da forma mais cruel possível de que não devemos deixar de viver a nossa vida intensamente e nem que devemos deixar para amanhã, algo que queremos falar ou fazer hoje.

E após perder o amor de sua vida, ela resolveu se fechar totalmente para o amor e focar somente nos seus negócios.

Mas, quando ele olhou a primeira vez Fiorella Torcasio, ele sentiu algo que há muito tempo não sentia.

Porém, se aproximar dela não será assim tão fácil.
Afinal, além de serem de mundos completamente diferentes, ela guarda uma dor profunda, que a marcou para sempre.

Fiorella passou por horrores que nenhuma mulher no mundo deve passar. Seu ex-marido era cruel e um homem que a tratava da pior maneira possível.

Agora viúva, ela sabe que deve recomeçar, mas o medo de sofrer novamente não permite que ela siga em frente.

Quando o destino cruza seu caminho com um príncipe de coração partido também, eles não poderiam ser o casal mais improvável.

Contudo, juntos vão aprender que pelo amor verdadeiro vale quebrar todas as regras, e que a pessoa certa, vai fazer com que seu coração bata como nunca.

🌷Mil elogios não seriam suficiente para o tanto que eu amei esse livro.

Eu já esperava que fosse ser uma história com uma carga dramática maior do que os livros anteriores, até porque ao longo das outras histórias nós acompanhamos a vida destes personagens, e todo o sofrimento e dores que passaram em suas vidas.

E o encontro deles, eu cheguei a conclusão que foi um encontro de almas.
Um mocinho que se fechou para o amor, mas que quando sente um desejo intenso, não se assusta com ele, e luta para viver tudo o que há para viver.

A Fiorella mereceria um homem como o Thomas.

Depois de tudo o que ela passou, ela merecia alguém que lutasse por ela. Mas, que acima de tudo, desse tempo e o amor que ela mereceria.

Eles são um casal que mereceria toda a felicidade que este mundo pudesse proporcionar-lhes.

E a autora trabalhou a história deles de uma forma singular.
Foi emocionante acompanhar a jornada dos dois, onde ela construiu o relacionamento deles de forma gradual, deixando que o tempo e o amor fizesse o seu trabalho.

Eles juntos se ajudaram, se completaram, e tiveram a vida que deveriam sempre ter tido.

Eu me emocionei muito com a trajetória, com os percalços ao longo do caminho, e me emocionei com o final dos sonhos.

A série terminou de forma perfeita, me deixando com uma saudade tão intensa, que a minha única vontade era esquecê-la e começar tudo de novo, só para ter o prazer de ler como se fosse a primeira vez.

Como isso não é possível, eu guardei eles aqui comigo, e sempre que possível vou correr para o conforto que essa série me trouxe.

Ansiosa pelas próximas histórias que tem para vir por aqui.

Então, se você quer um livro intenso, apaixonante e que vai te conquistar da primeira à última página, precisa conhecer essa história.

Hopeless – Colleen Hoover

Hopeless – Colleen Hoover

Da autora dos best-sellers É assim que acaba e Verity, conheça Sky, Holder, Six e Daniel em um kit que reúne pela primeira vez as histórias dos personagens da série Hopeless, em novas edições com capas inéditas da artista Carmell Louize e marcadores temáticos.

Um caso perdido (384 páginas)

Um caso perdido é o primeiro volume da série Hopeless, onde os dilemas e traumas de Sky e Holder são introduzidos de maneira sensível e arrebatadora. Os personagens, com seus complexos passados, viverão uma incrível e inesquecível história de amor. Mas nada será tão fácil…

Sem esperança (320 páginas)

Após se apaixonar por Sky e Holder em Um caso perdido, agora é a hora de conhecer o outro lado da história… Sem esperança, o segundo volume da série Hopeless, oferece a perspectiva única dos impactantes acontecimentos através do olhar de Holder.

Em busca de Cinderela + Em busca da perfeição (256 páginas)

Um encontro despretensioso no escuro e uma confissão de amor inesperada: seria a narrativa perfeita, não fosse tudo faz-de-conta. Será que, após o labirinto repleto de imaginação à la Cinderella que Six e Daniel criaram, o verdadeiro amor vai falar mais alto? Embarque – e se apaixone – nessa história de amor nada convencional, cheia de altos e baixos e finais tão felizes quanto reais, com personagens vistos anteriormente nos livros da série Hopeless.

Resenha: Maisie Dobbs / Jacqueline Winspear

Resenha: Maisie Dobbs / Jacqueline Winspear

💬 “Maisie sabia que sua curiosidade enredava tanto Billy quanto ela mesma no mistério de Vincent. E, mesmo dirigindo, ela fechou os olhos por um segundo e rezou para ter confiança e coragem de enfrentar o que quer que estivesse oculto sob a escuridão.”

Resenha 🌷

304 páginas // Jacqueline Winspear // Editora Arqueiro
Olá leitores, hoje trago a resenha do livro MAISIE DOBBS, primeiro livro da série Maisie Dobbs, que eu recebi e li em parceria com a editora Arqueiro.

Desde que passou a trabalhar na residência de lady Rowan Compton, Maisie soube precisar aproveitar essa grande oportunidade.

Afinal, sua empregadora percebeu logo que ela tinha sede de conhecimento, e acreditou em seu potencial.

E então, quando o famoso investigador Maurice Blanche percebe que ela tem um dom investigativo, ele resolve ajudá-la para que ela seja aceita na prestigiada Girton College.

Contudo, com o início da primeira guerra, Maisie acaba mudando totalmente seus planos.

Aos depois, ela resolve abrir seu próprio escritório como investigadora particular.

Seu primeiro caso é um aparente caso de infidelidade. O que ela não imaginava, era que fosse descobrir bem mais do que imaginava.

🌷Apesar de ser um livro pautado pelo tema investigativo, nessa primeira história temos um foco maior na apresentação da personagem, bem como o desenvolvimento dela.

Eu percebi que apesar dela depois se tornar investigadora e passar a investigar um sério caso, a história ficou pautada mais em sua vida, do que no mistério em si.

Não espere uma história muito pesada, com investigações de crimes bárbaros, como estamos normalmente acostumados no gênero.

Se você está acostumado a isso, e espera encontrar isso, te garanto que não saciara suas expectativas.

Apesar de não ter criado tanta empatia assim pelo Maisie, eu não posso deixar de evidenciar o quanto ela foi esforçada para conquistar tudo o que quis.

O livro abordou muito sobre os horrores da guerra, principalmente porque em um determinado momento, a Maisie larga tudo, se tornando enfermeira e assumindo a missão no front da guerra.

E eu gostei que mesmo após anos disto, quando ela se tornou uma investigadora particular, sua vida sem querer acabou voltado para tudo o que ela viveu.

O livro é fluido, de fácil compreensão e que me deixou presa na história, mesmo já tendo certas desconfianças sobre o mistério.

Mais uma vez eu acabei desvendando tudo antes do fim, mas mesmo assim, gostei da forma como a autora conseguiu abordar a trama na totalidade.

Ele faz parte de uma série, portanto, teremos mais livros com a história da personagem principal. Ansiosa para saber se neles o foco ficará maior no mistério, já que conhecemos agora sua história de vida.

Resenha: Sob o domínio do mafioso / D. A. Lemoyne

Resenha: Sob o domínio do mafioso / D. A. Lemoyne

💬 “O amor que sinto por Cillian não é algo que eu possa abrir mão. Sei que nunca sentirei nada parecido novamente. Talvez o que ele faça não seja a profissão ideal de um companheiro de vida, mas eu não acredito em pessoas perfeitas. Na verdade, eu prefiro os pecadores. Santos não existem, e sim, aqueles que escondem bem seus pecados.”

Resenha 🌷

340 páginas // D. A. Lemoyne
Olá leitores, hoje trago a resenha do livro SOB O DOMÍNIO DO MAFIOSO, primeiro livro da série honra irlandesa, que eu li em parceria com a autora, D. A. Lemoyne.

Cillian “Dragon”, sempre foi conhecido por conta de seu poder e de seu jeito intenso de ser.
Afinal, ele é o chefe da máfia irlandesa nos Estados Unidos.

Contudo, anos atrás ele teve que assumir a proteção da doce Juno Cavanagh. Isso porque ela acabou ficando órfã e ser ter a proteção de ninguém.

Agora, dez passados, ela quer assumir o controle de sua vida, e está determinada a voltar da Irlanda para os Estados Unidos.

A presença de Juno fará com que todas as defesas e promessas que Cillian prometeu cumprir vão por água baixo, já que a presença dela em seus dias, fará com que o desejo seja totalmente desperto.

Agora, ambos terão que aprender não somente a controlar esse desejo insaciável, mas também sobre como superar tudo e todos para viverem esse amor.

🌷Mais uma série de mafiosos que eu leio da autora, e mais uma história que eu termino totalmente apaixonada.

O Cillian é absolutamente tudo e mais um pouco.
Um homem intenso, forte e com uma sensualidade nata. Ele literalmente exala poder.

E nada mais gostoso do que você conhecer um mocinho assim, porque ele tem aquele magnetismo que prende não somente a mocinha, mas todo e qualquer leitor no seu jeito de ser.

E a Juno… uma força da natureza. Mesmo jovem, ela não quer ser somente mais uma protegida da máfia. Ela quer ter um futuro, as coisas dela, e viver… por mais difícil que isso seja, tendo em vista de onde ela veio.

Os dois é pura intensidade, paixão, sedução e amor.

Eu desde o começo já vi que eles eram um casal destinado a acontecer, não importa tudo o que tivesse que ocorrer, o final deles sempre seria junto.

A autora conseguiu trazer várias revelações de segredos, mas não somente isso, mas também a importância de nós perdoarmos, por situações que fogem do nosso controle, mas que por muitas vezes nos culpamos.

As cenas quentes são condizentes com o casal, e sem nada excessivo. Pelo contrário, a autora consegue introduzir e trabalhar elas muito bem.

Primeiro livro dessa nova série e já estou apaixonada e torcendo para ler todos os próximos que tem tudo para me conquistar também, já que fiquei mega curiosa com os personagens que serão trabalhos nela.

Conheça quatro histórias incríveis de Colleen Hoover

Conheça quatro histórias incríveis de Colleen Hoover

Colleen Hoover atingiu a marca de um milhão de exemplares vendidos no Brasil! Em comemoração, quatro de seus livros ganharam lindas e novas capas e foram reunidos em um box igualmente especial.

Após se tornar um fenômeno nas redes sociais, Collen Hoover ou CoHo como é conhecida pelos fãs se firmou também como uma das autoras mais vendidas do país. Seu estilo de romance apresenta tramas ricas, complexas e com personagens que estão longe de serem perfeitos, e conquistou milhares de leitores, permitindo que Colleen ocupasse várias posições nas listas de best-sellers mais importantes do Brasil, com três, quatro e até mais livros, simultaneamente.

Confira os títulos escolhidos para compor a edição especial ilustrada por Gabriella Gouveia (@gabriella.gouveia) designer carioca, especialista em estampas, com clientes como O Botícário, Cian candle e Hábitos que mudam:

É assim que acaba (368 p.)

Lily, uma jovem que se mudou de uma cidadezinha do Maine para Boston, se formou em marketing e abriu a própria floricultura. Em um dos terraços da nova cidade, ela conhece Ryle, um neurocirurgião confiante, teimoso e talvez até um pouco arrogante, com uma grande aversão a relacionamentos, mas que se sente muito atraído por ela. Quando os dois se apaixonam, Lily se vê no meio de um relacionamento turbulento que não é o que ela esperava. 

 

Todas as suas imperfeições (304 p.)

Quinn e Graham se conheceram no pior dia de suas vidas. Meses após o “primeiro encontro”, o casal se esbarra novamente. Graham está convencido de que são almas gêmeas. Quinn jamais se sentiu dessa forma antes. A intensidade do sentimento os assusta, mas eles mergulham de cabeça mesmo assim. Tudo parece bom demais para ser verdade. Até Quinn querer a única coisa que parece impossível: ser mãe. Ela não pode engravidar. Ele não é um candidato para adoção por conta de um erro do passado. O impasse ameça colocar em risco toda a sua felicidade.

 

Se não fosse você (400 p.)

Morgan e Clara Grant são mãe e filha, mas não parecem ter muita coisa em comum. Com personalidades incompatíveis e objetivos divergentes, a convivência entre Morgan e Clara está cada dia mais insustentável. A única pessoa capaz de criar um ambiente de paz é Chris – marido de Morgan, pai de Clara, o porto seguro da família. Mas essa paz é quebrada após um trágico acidente mudar completamente a vida das duas. Novos segredos, ressentimentos e mal-entendidos fazem com que as duas se afastem… será que ao ponto de uma reaproximação se tornar improvável?

 

O lado feio do amor (336 p.)

Quando Tate Collins se muda para o apartamento do irmão, não imagina estar prestes a viver um relacionamento em que o sexo parece ser o único objetivo. Mas Miles Archer seduz Tate com seu jeito misterioso e físico perfeito. O que os dois sentem não é amor à primeira vista, mas uma atração incontrolável. Sem conseguir resistir, Tate se entrega. Miles, no entanto, impõe duas regras: sem perguntas sobre o passado e sem esperanças para o futuro. Ela promete não se apaixonar, mas quando percebe, já ultrapassou todos os limites e descobre que nenhuma regra é capaz de controlar o amor e o desejo.