Resenha: O mágico de Oz / L. Frank Baum

Resenha: O mágico de Oz / L. Frank Baum

💬 “Ela atirou os braços em volta do pescoço do Leão e o beijou, afagando sua cabeça com ternura. Depois, beijou o Homem de Lata, que estava chorando de um jeito até perigoso para suas juntas. Por fim, abraçou o macio corpo estofado do Espantalho, em vez de beijar sua face pintada, e sentiu que ela mesma estava chorando com aquela triste despedida de seus queridos companheiros.”

Resenha 🌷

Olá leitores, hoje trago a resenha do livro O MÁGICO DE OZ, que eu recebi e li em parceria com a Faro Editorial.

Após um tornado atingir a fazenda em que vive, Doroth e seu cachorrinho Totó são levados a uma terra mágica, conhecida como Oz.

Contudo, Doroth jamais ouviu falar daquele lugar, e tudo o que mais quer é voltar para sua casa ao lado de seus tios.

Com medo e sem saber como voltar, ela descobre que aquela terra é mágica, com bruxas, poderes mágicos e criaturas inimagináveis.

Durante sua jornada até para chegar até o grande Mágico de Oz, ela encontrará três personagens inesquecíveis: um Espantalho, um Homem de Lata é um Leão Covarde, que decidem se juntar a ela, pois, eles também têm um pedido a fazer ao grande mágico.

Ao longo de uma jornada árdua, elas viveram enormes aventuras, e descobriram uma amizade improvável, mas sincera, que mudará para sempre suas vidas, e os ensinará mais do que imaginam.

🌷Um clássico é um clássico.
E este livro, mesmo tendo sido publicado a muito mais de 100 anos, não deixou de ter ao longo do tempo, seu encanto e sua importância.

Eu me recordo que a primeira vez que li, eu ainda era pequena e tenho ainda viva a lembrança de como eu havia gostado da história.

Os anos passaram, e quando vi que a Faro iria publicar ele, eu quis reviver aquele sentimento que guardo no peito desde então.

E como não amar está história?

Este livro consegue ser curto, mais cheio de significados.
Ele mostra a importância da amizade, e em como as diferenças não são importantes quando se tem pessoas que te fazem bem ao seu lado.
Em como as vezes desejamos algo, sem percebermos se de fato aquilo seria bom para nós, ou até mesmo que já temos aquilo, e muitas vezes nem percebemos.

Acompanhar a jornada da Doroth e seus três amigos, foi incrível.

Eu me diverti lendo, me emocionei, torci novamente por eles, e terminei o livro me lembrando da importância de certas coisas que eu já havia esquecido serem tão importantes.

Eu amo a pureza dessa história, e o fato de ser muito mais do que um simples livro infantil.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s