Resenha: Xeque-Mate / Alessa Ablle

Resenha: Xeque-Mate / Alessa Ablle

“Aprendi a ser dele e mesmo não tendo seu coração por inteiro, eu sei que tenho algo sim. Que ele me sente.”

Resenha 🌷

312 páginas // Alessa Ablle
Olá leitores, hoje trago a resenha do livro XEQUE-MATE, que eu li em parceria com a autora, Alessa Ablle.

Paolo Dal Moli, sempre soube que sua função era uma das mais importantes da máfia ítalo-americana.

Afinal, ser conselheiro do Capo, é uma das funções mais prestigiadas, mas que também teria que ser cruel, meticuloso e totalmente focado em sua função, para a famiglia.

Contudo, ele sabia com sua função, ele teria a obrigação de se casar, e possuir um herdeiro algum dia.

Mas casamentos na famiglia, eram somente contratos regados a tradição.

Entretanto, Mia foi muito mais do que isto para ele.
Afinal, mesmo sendo um homem calado e pragmático, ela conseguiu dar amor e uma felicidade que ele jamais se permitiu sonhar.

Porém, a mulher que despertou sentimentos tão puros em seu coração acaba de falecer da pior maneira possível, e ele se vê sozinho, e ainda com a responsabilidade de criar uma bebê recém-nascida.

Mas lembre-se no mundo da máfia, ele não pode ficar sozinho, e para isso, terá que se casar novamente mesmo contra a sua vontade.

Nina Gatti, sabia que nascendo na família que nasceu, não poderia escolher seu futuro, e muito menos o homem com quem iria se casar.

Contudo, ela não sabia que além de lidar com um homem totalmente estranho, com quase o dobro de sua idade, teria que ser responsável por uma pequena criança, e com um marido totalmente de luto, e incapaz de amar novamente.

Mas ela sabe que merece mais do que um marido frio em sua vida, e para isso, ela fará de tudo ao seu alcance para descongelar aquele coração de gelo.

🌷Eu ainda estou enxugando as mil lágrimas que derramei durante este livro.

Eu acabei ele a poucos minutos, e nem consigo expressar tamanho foi o amor que senti lendo esta história.

Eu comecei um pouco desconfiada, com medo do jeito do Paolo, e preocupada em como a autora conseguiria desenvolver esta história.

Mas aí a medida que fui lendo, fui sendo totalmente arrebatada pela história.

A autora conseguiu escrever uma história, onde nos conhecemos não somente o Paolo antes da perda de sua amada esposa, mas também, e como cada pessoa reage ao luto de uma forma.

E não tinha como o Paolo não se apaixonar pela Nina.
Ela é com certeza uma das personagens mais puras que já tive a honra de ler.

Uma mocinha com um coração bondoso, altruísta, meiga, falante, sincera e tão dedicada, que a diferença de idade entre os personagens se tornou só um mero detalhe.

Eu fui sendo arrebatada por estes dois, de tal forma, que até agora escrevendo essa resenha para vocês, lágrimas continuam caindo dos meus olhos.

E além disso, tinha a Soph, que trouxe aquele jeito encantador que só um bebê poderia ter, e que me deixou completamente apaixonada e arrebatada.

Eu não esperava amar tanto essa história como eu amei.
Não esperava de verdade, mas não tive realmente como não amar.

Ver um coração que não quer se apaixonar amando, e ainda mais depois de tanto sofrimento, foi algo que despertou os melhores sentimentos em mim.

Então, caro leitor, se você que confia tanto na minha opinião, puder ler este livro. LEIA!

E duvido não se emocionar como eu.

“Não tem nada tão valioso na vida quanto as pessoas quererem você, por quem você é. Amarem você e enxergarem você. Dar valor por mais que erramos. Eu não tive isso por muito tempo e agora parece que que minha vida transborda de amor e carinho.”

Resenha: Six Of Crows / Leigh Bardugo

Resenha: Six Of Crows / Leigh Bardugo

💬 Terminei está história a alguns dias, e ainda estou impactada com a história, a narrativa e todos os personagens. Leigh Bardugo conseguiu me surpreender mais uma vez.

Resenha 🌷

378 páginas //
Olá leitores, hoje trago a resenha do livro SIX OF CROWS: SANGUE E MENTIRAS, que recebi em parceria com a Editora Gutenberg e que foi lido pela colaboradora, Ale.

Kaz Brekker, é o melhor negociador de Ketterdam e é a trapaça em pessoa. Dono do Clube do Corvo, ele foi contratado para roubar uma droga poderosa que aumenta os poderes dos grishas e evitar que ela caia em mãos erradas.

Para isso, ele monta uma gang de foras da lei, composta por Inej, uma acrobata, que tem como habilidade se espreitar nas sombras e passar despercebida.
Nina, uma grisha sangradora que tem o dom de curar as pessoas.
Mathias, um soldado, caçador de grishas, e que tem como objetivo se vingar do amor de sua vida que o traiu.
Jesper, um menino acostumado com o perigo é viciado em jogos de azar.
E Whylan, que entra para o gang com o objetivo, de caso tudo de errado, ele se tornará um refém da trupe.

🌷Meu Deus! Estou completamente impactada com essa história, que se passa 3 anos após a saga de Sombra e Ossos e tem muitas referências da trilogia amada por todos.

O livro é recheado de plot twist, suspense e muita emoção.
É impressionante o quanto eu torci em cada linha escrita, para que toda a gang de Kaz saísse com vida da missão a qual foram contratados.

Os planos para entrar e sair da fortaleza e as sequências dos acontecimentos são simplesmente sensacionais, tô chocada em como a autora conseguiu dar emoção em cada cena.

E além de tudo, o que mais chama a atenção, é a química entre os 6 personagens.
Leigh Bardugo tem o dom de construir relações profundas de amizades e amor. Sim, esse livro fala muito sobre essas relações, onde você sente que o amor entre os personagens é aquele amor de alma, predestinado a acontecer.

Os três casais me deixaram sem fôlego tantas vezes, que perdi até a conta.

Sério, este livro é perfeito. Gostei mais do que Sombra e Ossos, justamente pela autora ter conseguido juntar seis personagens incríveis, para uma missão emocionante, empolgante e totalmente surpreendente. É cada plot twist de arrebentar o coração.

Eu amei demais e não vejo a hora de ler a sequência dessa duologia que é simplesmente incrível.

Resenha: A esposa contratada do sheik // D. A. Lemoyne

Resenha: A esposa contratada do sheik // D. A. Lemoyne

Resenha 🌷

433 páginas // D. A. Lemoyne
Olá leitores, hoje trago a resenha do livro A ESPOSA CONTRATADA DO SHEIK, primeiro livro da série casamentos de conveniência, e que eu li em parceria com a autora, D. A. Lemoyne.

Kaled tem uma certeza em sua vida: continuar sendo CEO de sua indústria de navios, e viver feliz é solteiro por todos os seus dias.

Contudo, seus planos acabam de mudar completamente, e sem que ele queria.

Agora, com o desaparecimento de seu irmão, ele sendo o segundo da linha sucessória do Emirado de sua família, ele é obrigado não somente a ser o novo sheik, mas também a se casar quanto antes.

Mas ele não quer ter problemas com paixonites, por isso, traça o plano perfeito: um casamento por conveniência, que envolve tudo, menos amor.

Adeela só tem um único desejo: ver novamente sua mãe americana, sendo expulsa por seu pai, ainda quando ela era uma criança.

E a única forma de conseguir isso, é se livrar dos desmandos de seu pai.
Quando então uma proposta surge, e ela vê como se ver livre de seu pai e poder realizar o desejo de sua mãe, ela acaba aceitando.

O plano parecia perfeito, e talvez até fosse, se o coração de ambos acaba-se tendo planos diferentes do que eles esperavam.

🌷Peguem seus véus, e se preparem para embarcar neste novo Emirado, com direito a tudo o que um bom leitor ama em um romance.

Como meu coração está suspirando desde que terminei essa história.

O Kaled é tudo o que meu coração de criança, e que assistia novelas árabes sempre sonhou.
Um homem honesto, protetor, e completamente apaixonante.

E o jeito de ser dele, me conquistou desde o primeiro momento que ele apareceu.

Até porque, nada mais gostoso do que quando o mocinho é um solteiro convicto, e acaba sem querer se rendendo ao amor.

Eu amo tanto isso, que meu coração chega da (pulinhos).

E como todo casamento com conveniência, as regras são claras, mas melhor do que elas, é descumpri-las totalmente.

E a Adeela é aquela personagem que em um primeiro momento, você pensa ser submissa e super boazinha.

Não que ela não seja boazinha, ela é, mas ela é também uma mocinha nobre, e mais forte do que se imagina num primeiro momento.

Eu amei a interação entre os dois. Os olhares, o jeito de ser, a química intensa, ai ai ai… amei tudo!

E, além disso, a história traz personagens de outros livros, que eu fiquei bege de como a autora consegue juntar séries, que num primeiro momento você nem imagina que podem ter relação, mas que no final faz total sentido.

Eu simplesmente amei rever personagens das outras histórias, e todo o desenvolvimento da trama como um todo.

A história é rápida, gostosa, é super fluida, tanto que você nem percebe que já está acabando.

Então, para quem quer jogar “nos véus”, como eu… aproveitem para conhecer essa história agora mesmo.

Resenha: Prazer em Julgamento / Nina Müller

Resenha: Prazer em Julgamento / Nina Müller

Resenha 🌷

224 páginas // Nina Müller // Clube Essência
Olá leitores, hoje trago a resenha do livro PRAZER EM JULGAMENTO, que eu recebi em parceria com a Editora Clube Essência.

Lívia é uma psicóloga dedicada, e que a anos atrás sofreu muito em um relacionamento abusivo, e que a marcou por todos os anos seguintes.

Trabalhando na aeronáutica, ela está acostumada a pegar pacientes em altos níveis de stress por conta da profissão.

Até que seu caminho cruza com o charmoso Rodrigo Guerra, um piloto que acaba de ser suspenso, devido a uma manobra arriscada.

No momento em que Rodrigo colocou os olhos em Livia, ele sentiu uma atração imediata, e sabia que queria ela em sua cama.

Porém, quanto mais ele a conhece, mais ele percebe que ela precisa de um homem que cuide e trate ela como ela nunca foi tratada.

E Rodrigo, ensinará não somente ela a confiar nos homens novamente, além de ajudá-la a descobrir prazeres inimagináveis.

🌷Opa! Falou em livro com cenas quentes, eu já corro logo para ler.

E nessa história, teremos um tema extremante sério sendo retratado.

A Livia no final de sua adolescência, passou por um relacionamento, que a marcou de formas nos quais pessoa nenhuma merece ser tratada.

Ela sofreu não só abusos psicológicos, mas também físicos, que quebraram com toda a confiança em relacionamentos, além de a traumatizar absurdamente.

E ver durante a história, essa redescoberta dela, não somente sobre o amor, mas também sobre sua própria sexualidade, foi algo que eu curti demais.

Além disso, num primeiro momento, eu confesso que quis brigar com o Rodrigo, mas a medida que vamos conhecendo ele, e vendo como ele acaba despertando esse desejo de se conhecer na Livia, foi algo que eu gostei absurdamente.

Os dois aprenderam juntos.
Enquanto ele ajudava ela a confiar nas pessoas, ela trouxe para a vida dele, uma leveza e um paz que só um coração apaixonado por alguém bom, é capaz de ter.

Eu gostei bastante do desenvolvimento da história, e é aquele tipo de trama, ótima pra ler, quando queremos um romance quente e super envolvente.

Portanto, se você gosta deste gênero literário, pode se jogar, porque também vai gostar.

Primeiras Impressões: A esposa contratada do sheik / D. A. Lemoyne

Primeiras Impressões: A esposa contratada do sheik / D. A. Lemoyne

Primeiras Impressões 🌷

Olá leitores, hoje trago as primeiras impressões do livro A ESPOSA CONTRATADA DO SHEIK, sendo o primeiro livro da série casamentos de conveniência, e que eu estou lendo em parceria com a autora, D. A. Lemoyne.

Quem já está surtando lendo? Eu, é claro.

Bom, o livro vai contar a história do Kaled, sendo um sheik lindo, CEO de uma indústria de navios e é claro, um homem charmoso, e que conquista todas as mulheres.
E tudo o que ele não quer, é ser obrigado a se casar.

Mas, como acaba sendo obrigado a assumir o cargo de seu irmão, ele tem que possuir uma esposa quanto antes.

E para isso, entra na história a Adeela Ghazal, que recebe uma proposta bem irresistível: se casar com o Sheik, e assim se livrar das garras de seu pai autoritário e controlador.

Então, sim! Mil vezes, sim! Temos um casamento por conveniência.

Ahhhhh (muitos gritos histéricos), eu com toda a certeza do mundo, estou super apaixonada nessa história.

Afinal, nós leitoras de romances amamos casamentos por conveniência e ainda mais quando os personagens não querem se apaixonar.

Eu estou em 49%, e completamente fisgada. E estou tão envolvida pela história, que achei uma música perfeita para estes dois.

A música é a El Alem Alla, e o trecho que escolhi para postar para vocês é o seguinte:
سلمت القلب ليك
من غير إزاي وليه

Que na tradução é mais ou menos o seguinte “Eu entreguei meu coração para você, sem como e porquê”.

Bom, dito isto, o livro lançou hoje, e está disponível no catálogo do Kindle Unlimited.
Aproveitem e corram lá para baixar.

Sinopse 🌷:
A última coisa que Kaled Fouad Ayad Badawi Faheem, o CEO da indústria de navios — e no que diz respeito às mulheres, um playboy assumido — queria, era ser obrigado a ocupar o lugar do irmão como Sheik em Rheadur, o Emirado de sua família.

Mas não há alternativa, já que é o segundo na linha sucessória.

Junto ao cargo, vem a exigência de se casar, mas Kaled não quer ficar preso para o resto da vida com uma mulher com a qual não seja sexualmente compatível, então, resolve bolar um plano, que, na teoria, parecia perfeito: um casamento de conveniência onde vale tudo, menos se apaixonar.

Adeela Ghazal sonha em rever sua mãe americana, mas tendo nascido e sido criada em uma sociedade patriarcal, não possui meios de conseguir se libertar dos desmandos do pai.

Ela está quase perdendo as esperanças, quando o futuro Sheik e líder supremo de seu povo lhe faz uma proposta irresistível.

Aceitá-la foi a parte fácil, mas manter seu coração protegido do charme de Kaled é que representará o verdadeiro desafio.

Kaled nunca quis ser Sheik, mas chegou a hora de governar seu povo e se render à garota que o fascina.
Uma união por dever. Uma atração inesperada. Um amor para a vida toda.

A Esposa Contratada do Sheik, livro 1 da quadrilogia Casamentos de Conveniência é um volume único. Por ser com casais diferentes, cada livro da saga pode ser lido separadamente, mas talvez o posterior contenha spoilers do anterior.